Verão BSB

publicidade

"Quase em forma", Ronaldo reitera desejo de jogar no Flamengo

 

postado em 13/05/2008 10:09 / atualizado em 13/05/2008 10:15

O atacante Ronaldo revelou nesta terça-feira (13) que está com 95 kg, sete a mais que seu peso ideal, e projetou entrar em forma no período de um mês. Recuperando-se de uma cirurgia no joelho esquerdo, ele planeja se aproximar da condição que apresentou na Copa do Mundo de 2002, quando brilhou e levou o Brasil ao pentacampeonato.


“Hoje estou com 95kg. Antes estava com 87kg. Eu vou buscar dar uma volta por cima e preciso emagrecer por causa do meu joelho, das articulações, e para ter mais agilidade'', afirmou o Fenômeno em entrevista ao programa Mais Você, da TV Globo. ''É importante para que eu recupere a velocidade e a velha forma'', acrescentou.


Otimista, o jogador do Milan projetou que estará próximo de sua meta em breve. ''Em mais um mês fico bem próximo do peso ideal. Deve ficar faltando dois ou três quilos'', afirmou, feliz com o andamento de seu tratamento da lesão. ''Da outra vez, demorou cerca de um ano. Agora, espero que dure metade deste tempo'', completou, lembrando de quando teve a mesma contusão em 2000, quando atuava na Inter de Milão.

 

Sonho rubro-negro

Ronaldo também comentou sobre o seu desejo de defender o Flamengo assim que retornar aos gramados. O jogador, porém, afirmou que só vestirá a camisa do seu time do coração se conseguir se recuperar plenamente de mais uma grave contusão, além de reiterar a dificuldade da negociação.

 

''Depende de negociações, mas depende também se estarei bem, em condições de jogar no Flamengo. O futebol é sempre o próximo jogo, ninguém joga com a história. Se não me recuperar, não conseguir ser rápido como antes, não conseguir emagrecer, não merecerei estar no Flamengo e em nenhum outro time'', explicou o Fenômeno.

 

O presidente do Flamengo, Kléber Leite, participou por telefone do programa e novamente abriu as portas do clube para Ronaldo, que agradeceu ao dirigente. ''Estamos de braços abertos, com nossos médicos e fisiologistas, para recebê-lo'', garantiu o mandatário, acrescentando que “33 milhões de rubro-negros” estão torcendo pela vinda do jogador.