Brasil

Lençóis de lixo infectado à venda em Santa Cruz do Capibaribe

Diário de Pernambuco

Publicação: 15/10/2011 13:31 Atualização:

As suspeitas de que a empresa Na intimidade, que importou dois contêineres com lixo hospitalar dos Estados Unidos, tinha conhecimento que trazia resíduo potencialmente infectante e planejava usar o tecido em sua produção estão próximas de serem confirmadas. Na tarde de sexta-feira (14/10), as lojas da empresa têxtil, localizadas no centro de Santa Cruz do Capibaribe e na PE-90, em Toritama, foram interditadas pela Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e pelo Ibama. No local, foram encontrados lençóis e fronhas com manchas, que as autoridades acreditam ser de sangue. A confirmação deve ser feita após a perícia do IC, que sai em até 15 dias.

Na manhã de ontem, quatro técnicos da Apevisa, além de agentes do Ibama, procuraram a fábrica apontada pela Receita Federal como importadora dos resíduos hospitalares. No endereço apontado nos documentos do órgão, porém, nada foi encontrado. “A rua que constava como local da fábrica só possui residências. É uma comunidade da periferia de Santa Cruz do Capibaribe”, contou o gerente geral da Apevisa, Jaime Brito.A empresa tem uma filial em Toritama.

Os técnicos conversaram com alguns moradores da área e descobriram a existência de uma loja com o mesmo nome da fábrica. Quando chegaram ao ponto, encontraram os lençóis e fronhas manchados. Parte do material foi recolhido para servir de amostras à perícia do IC. O restante foi interditado na loja, que foi lacrada e não pode funcionar até a conclusão das investigações.

O proprietário da empresa não estava no local, mas é procurado para prestar depoimento. Apenas o advogado do dono e um funcionário estavam na loja. O empresário, que não foi identificado, estaria em Maceió. Ele deve ser autuado e, se for condenado, pode pegar de um a quatro anos de reclusão mais pagamento de multa que pode chegar a R$ 2 milhões.
Tags: celular

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

:: Publicidade



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas