Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Padilha anuncia habilitação para tratamento de pessoas com deficiência Serão construídas 37 oficinas ortopédicas e entregues 88 veículos adaptados e liberados recursos para compra de equipamentos, reforma e ampliação de serviços já existentes

Agência Brasil

Publicação: 03/12/2013 18:12 Atualização:

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou nesta terça-feira (3/12) a habilitação de 74 centros especializados no atendimento de pessoas com deficiência e o financiamento para mais 88 unidades em todo o país. Ainda serão construídas 37 oficinas ortopédicas e entregues 88 veículos adaptados e liberados recursos para compra de equipamentos, reforma e ampliação de serviços já existentes. Segundo o Ministério da Saúde, serão investidos R$ 546 milhões para beneficiar cerca de 4,6 milhões de pessoas.

O pacote faz parte do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Viver sem Limite, que existe há dois anos, e foi anunciado durante cerimônia em uma das unidades entregues, no bairro de M. Boi Mirim, na capital paulista.

Leia mais notícias em Brasil

Nos centros especializados em Reabilitação (CERs), o Sistema Único de Saúde (SUS) prestará serviços de reabilitação física, visual, auditiva e intelectual. Serão habilitados centros em 23 estados e construídos 18. Até o ano que vem, a meta do ministério é habilitar 45 unidades. Os 88 veículos serão doados aos centros para facilitar o transporte de pessoas que não têm mobilidade e acessibilidade aos meios de transporte comuns. As oficinas ortopédicas serão responsáveis pela produção de órteses sob medida e pelos ajustes que forem necessários nas próteses em cada usuário.

Segundo Padilha, com o centro especializado em reabilitação, todo o conceito de tratamento e reabilitação muda, porque tudo poderá ser feito em um local só. “Com os recursos que estão sendo colocados neste e em mais 15 centros na cidade de São Paulo a partir de hoje, eles podem contratar médicos de outras especialidades, o que não havia aqui, permitindo também interação do médico com a equipe daqui”. Padilha destacou ainda que, com os recursos repassados pelo ministério, será possível manter e aprimorar os equipamentos.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.