Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Produção de carvão proveniente de florestas plantadas cresce 23,5% em 2012 As incertezas na demanda industrial, a disponibilidade de mão de obra para a coleta de determinados produtos e a atuação de órgãos fiscalizadores

Agência Brasil

Publicação: 05/12/2013 10:53 Atualização:

O levantamento aponta a Região Sudeste como responsável por 87,3% de toda a produção de carvão vegetal (Étore Medeiros/CB/D.A Press)
O levantamento aponta a Região Sudeste como responsável por 87,3% de toda a produção de carvão vegetal
Rio de Janeiro - A Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura 2012 (Pevs) 2012 mostra que a produção de carvão da silvicultura subiu 23,5% e a de lenha, 9,7% no ano passado. Dos produtos madeireiros da silvicultura, constantes da pesquisa, apenas a madeira em tora para papel e celulose teve queda na produção (2,6%).

Por outro lado, os dados divulgados nesta quinta-feira (5/12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a produção de carvão e lenha provenientes da extração vegetal continua em baixa – carvão vegetal (-14,2%), lenha (-8,7%) e nó-de-pinho (-2,8%). Entre os produtos madeireiros do extrativismo vegetal com alta na produção, aparecem apenas a madeira em tora (5,2%) e o número de árvores abatidas do pinheiro brasileiro nativo (14,6%).

Leia mais notícias em Brasil

As incertezas na demanda industrial, a disponibilidade de mão de obra para a coleta de determinados produtos e a atuação de órgãos fiscalizadores – que liberam áreas para agricultura, aplicam multas e fecham serrarias e carvoarias – explicam em grande parte a queda na produção extrativista, segundo o IBGE.

O levantamento aponta a Região Sudeste como responsável por 87,3% de toda a produção de carvão vegetal, 40,8% da madeira em tora para papel e celulose, 25,8% da lenha e por 34,6% da madeira em tora para outras finalidades produzidas no Brasil em 2012. A Região Sul respondeu por 64,8% da lenha, 30% da madeira em tora para papel e celulose e 58,8% da madeira para outras finalidades.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.