Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Juíza prorroga por mais 30 dias a prisão dos pais de Joaquim Joaquim Ponte Marques, de três anos, desapareceu em 5 de novembro e cinco dias após o sumiço, o corpo foi encontrado em Barretos

Publicação: 10/12/2013 08:47 Atualização: 10/12/2013 08:54

Guilherme Longo e Natália Ponte estão presos desde 10 de novembro (EPTV/Reprodução )
Guilherme Longo e Natália Ponte estão presos desde 10 de novembro


A juíza Isabela Cristina Bezerra, de Ribeirão Preto (interior de São Paulo), prorrogou por mais 30 dias a prisão de Natália Ponte, de 29 anos, e de Guilherme Longo, 28, mãe e padrasto de Joaquim Ponte Marques,3.

O menino desapareceu na madrugada do dia 5, de dentro da casa da família, em Ribeirão Preto. Cinco dias após o sumiço, o corpo da criança foi encontrado no Rio Pardo, em Barretos, a 150km de Ribeirão Preto.

Leia mais notícias em Brasil




Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.