Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Bolsões d'água fecham vias importantes de chegada ao centro do RJ A capital segue em estado de alerta por conta das chuvas

Agência Brasil

Publicação: 11/12/2013 11:43 Atualização:

Rio de Janeiro - A Avenida Brasil, principal via da cidade foi fechada nos dois sentidos na altura do Trevo das Margaridas, onde encontra a Rodovia Presidente Dutra por causa dos alagamentos. A interdição bloqueia o principal acesso à metade da zona oeste da cidade e parte da Baixada Fluminense ao centro. A capital segue em estado de alerta.

Agentes de trânsito orientam motoristas no local, mas muitos já tentam retornar para casa ou seguir por caminhos alternativos. Mesmo passageiros de ônibus estão descendo ao longo da via e tentando voltar a pé. O advogado José Carlos Vieira, de 77 anos, conta que saiu de casa de van às 6h30, do bairro de Bangu, e quase três horas depois, só conseguiu chegar a Realengo, bairro vizinho. "Tinha uma audiência às 9h10, mas com certeza será adiada. O percurso até o centro dura normalmente 50 minutos. Hoje, em quase três horas, fizemos um caminho que costuma durar só dez minutos", conta Vieira, que decidiu voltar para casa.

Leia mais notícias em Brasil

Outra via importante da cidade, a Radial Oeste principal ligação das regiões do Méier e de Madureira ao centro, também foi bloqueada nos dois sentidos por um bolsão d'água, próximo ao Estádio do Maracanã. As linhas Amarela e Vermelha têm retenções no tráfego em diversos pontos. O prefeito do Rio, Eduardo Paes, recomendou que as pessoas evitem sair de casa se não for necessário: "É obvio que a gente sempre pede às pessoas que não têm a necessidade e a obrigação de sair [para não saírem], porque em dia de chuva sempre tem mais transtorno, mais problemas".

Recém-construída na reforma da zona portuária, a Via Binário do Porto também alagou com a chuva desta manhã, prejudicando a chegada ao centro do Rio para quem antes usava o Viaduto da Perimetral. Sobre esse problema, o prefeito disse que é preciso descobrir onde está a obstrução no sistema de drenagem: "A gente tem que identificar qual é o problema na região portuária. A drenagem não é só na via". Sirenes de 43 comunidades da cidade foram acionadas desde as 4h55 da manhã, na zona norte e na região de Jacarepaguá. Moradores foram encaminhados a pontos de apoio nas próprias favelas.

Na Rodovia Presidente Dutra, o tráfego foi interrompido na pista expressa em Belford Roxo, do quilômetro 173 ao 164, por causa de um alagamento. Os trens metropolitanos não estão operando nos ramais Belford Roxo e Saracuruna, e trafegam com intervalos irregulares nos ramais Santa Cruz e Deodoro. No Japeri as composições só seguem até Austin, em Nova Iguaçu, onde há mais alagamentos. No metrô, o trecho entre as estações Pavuna e Colégio, na Linha 2, está fechado.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.