Brasil
  • (4) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Homem tem carro concretado na calçada após desentendimento com construtores O caso inusitado ocorreu na Avenida Barão Homem de Melo, 877, no Nova Granada, Oeste de Belo Horizonte

Landercy Hemerson

Publicação: 12/12/2013 12:06 Atualização:

Um funcionário do posto de combustíveis vizinho disse que a caminhonete foi concretada na manhã da segunda-feira (9/12) (Beto Magalhães/EM/DA Press)
Um funcionário do posto de combustíveis vizinho disse que a caminhonete foi concretada na manhã da segunda-feira (9/12)

Uma caminhonete cimentada sobre a calçada. O que poderia ser interpretada como uma instalação artística na verdade revela um desentendimento entre um advogado e os construtores de um prédio na Avenida Barão Homem de Melo, 877, no Nova Granada, Oeste de Belo Horizonte.

O advogado Márcio Drumond, responsável pela Saveiro placa GDS-0291, garante que parou seu veículo há cinco meses no que seria o complemento da Rua Sebastião de Barros, na esquina da Barão Homem de Melo. Segundo ele, a empresa que faz a obra foi que avançou a via pública, onde o veículo estava estacionado. Um funcionário do posto de combustíveis vizinho disse que a caminhonete foi concretada na manhã da segunda-feira (9/12).

Leia mais notícias em Brasil

A BHTrans, por meio de nota, informou que no dia 22 recebeu reclamação de que vários veículos estavam estacionados sobre a calçada da avenida, o que não foi constatado na ocasião. No prédio não foram encontradas placas com dados dos responsáveis pela obra e o vigia não atendeu à campainha para informar quem são seus patrões.

Esta matéria tem: (4) comentários

Autor: Lívio Marcovich
Muito bom kkkkkk, essa idéia foi muito boa!!!! | Denuncie |

Autor: Welington Santos
Blz caro advogado se vc estacionou correto porque estacionou na esquina esta esquecendo do codigo de transito que fala que é infração estacionar na esquina | Denuncie |

Autor: Marcio Simões
Facilitou, dançou... | Denuncie |

Autor: Anilton Moccio
Vai ter que facilitar muito agora, rsrsrsrs. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.