Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Presidente Hollande assina dois acordo entre a França e São Paulo Primeiro acordo com a região de Ile-de-France prevê um investimento de 300 milhões de euros da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para a construção de uma linha de metrô entre o aeroporto de São Paulo e o centro da cidade

France Presse

Publicação: 13/12/2013 11:29 Atualização:

'Com estes dois acordos se inicia um novo capítulo nas relações com a França', elogiou o governador Geraldo Alckmin, que convidou o presidente para participar da cerimônia de abertura da Copa do Mundo a ser realizada em São Paulo (Nacho Doce/REUTERS)
"Com estes dois acordos se inicia um novo capítulo nas relações com a França", elogiou o governador Geraldo Alckmin, que convidou o presidente para participar da cerimônia de abertura da Copa do Mundo a ser realizada em São Paulo

São Paulo - Dois acordos foram assinados nesta sexta-feira (13/12) entre a França e o estado de São Paulo, centro econômico do Brasil, no segundo dia da visita de Estado do presidente François Hollande ao gigante sul-americano.

O primeiro acordo com a região de Ile-de-France prevê um investimento de 300 milhões de euros da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para a construção de uma linha de metrô entre o aeroporto de São Paulo e o centro da cidade. "Eu acredito que nós deveríamos fazer este metrô rapidamente', brincou Hollande, cuja chegada em São Paulo ontem de Brasília foi atrasada por longos engarrafamentos após deixar o aeroporto.

Leia mais notícias em Brasil

"Este é um acordo fantástico, que permitirá mais liberdade, mais rapidez, mais facilidade nas relações", comemorou o presidente francês sem dar mais detalhes sobre o "investimento significativo" vindo de São Paulo para a construção de um "centro de negócios" perto do aeroporto Roissy-Charles de Gaulle, perto de Paris. "Com estes dois acordos se inicia um novo capítulo nas relações com a França", elogiou o governador Geraldo Alckmin, que convidou o presidente para participar da cerimônia de abertura da Copa do Mundo a ser realizada em São Paulo.

"Tudo o que acontecer de bom para a Seleção da França será agora graças ao governador de São Paulo. Confiamos nossos filhos, cuidem deles. Tenho certeza de que serão perfeitamente recebidos e preparados", respondeu Hollande, um grande amante do futebol, que logo em sua chegada a São Paulo entregou a Legião de Honra ao ex-jogador brasileiro Raí, ídolo do Paris Saint-Germain na década de 1990. Hollande visita ainda a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para uma reunião com empresários franceses e brasileiros, na presença da presidente Dilma Rousseff.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.