Brasil
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Indígena permanece em árvore do Museu do Índio há mais de 24 horas Aproximadamente 50 manifestantes cantam músicas indígenas e exibem cartazes de apoio

Agência Brasil

Publicação: 17/12/2013 10:35 Atualização:

 (Agência Brasil)

Rio de Janeiro -
O índio José Urutal, da tribo Guajajara, continua, na manhã desta terça-feira (17/12) em cima de uma árvore dentro do terreno do antigo Museu do Índio, próximo ao Estádio do Maracanã. O indígena, de 54 anos, já está na copa da árvore há mais de 24 horas. Ele faz parte do grupo de manifestantes que havia ocupado o prédio no último domingo (15/12) e foi retirado ontem por policiais militares do Batalhão de Choque.

Aproximadamente 50 manifestantes cantam músicas indígenas e exibem cartazes de apoio ao índio, conhecido como Zé Guajajara. Eles lançaram frutas e água para o indígena por meio de uma corda. Todos passaram a noite e a madrugada embaixo da árvore.

Leia mais notícias em Brasil

De acordo com o comandante da operação do Batalhão de Choque (BpChoque) , major Átila Pinto, pelo menos 30 policiais estão no entorno do prédio para impedir que os manifestantes voltem a ocupar o espaço, que ficou conhecido como Aldeia Maracanã. A polícia isolou a área com grades para impedir a aproximação de militantes.

Até o momento, 24 manifestantes foram encaminhados às delegacias de São Cristóvão, na zona norte, e à Praça da Bandeira, no centro da cidade. Eles foram autuados por resistência à desocupação do prédio do antigo Museu do Índio. O grupo prestou depoimento e foi liberado.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Lucia Teixeira
Basta esperar que ele fique maduro...logo cairá.... | Denuncie |

Autor: Lucia Teixeira
Quando ele ficar maduro vai cair....aguardem! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.