Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Prefeitura de Queimados começa a demolir casas em áreas de risco Até o momento dez imóveis foram demolidos e, de acordo com a secretaria, a intenção é derrubar todas as casas em regiões de risco iminente, incluindo as moradias nas áreas de encosta e nas margens do Rio Abel

Agência Brasil

Publicação: 18/12/2013 21:03 Atualização:

Uma semana após o temporal que atingiu municípios da Baixada Fluminense e da região metropolitana do Rio, a Defesa Civil de Queimados começou nesta quarta-feira (18/12) a demolição de casas localizadas em áreas de risco.

Até o momento dez imóveis foram demolidos e, de acordo com a secretaria, a intenção é derrubar todas as casas em regiões de risco iminente, incluindo as moradias nas áreas de encosta e nas margens do Rio Abel. Só no bairro Nova Cidade, 74 casas e um templo religioso foram interditados, de um total de 273 imóveis em todo o município.

Aos poucos, as famílias desabrigadas estão sendo cadastradas no Programa Aluguel Social. De acordo com a prefeitura, elas deverão ser realocadas em apartamentos do Programa Minha Casa, Minha Vida, no bairro Eldorado, em julho de 2014.

Leia mais notícias em Brasil

Segundo o chefe de gabinete da Defesa Civil, Jandre Sobreira, não há uma previsão do número total de casas que serão derrubadas. "Algumas pessoas já foram orientadas a sair das casas nas áreas de risco. Algumas oferecem resistência até mesmo por conta da demanda. Às vezes não tem casa suficiente no município para aluguel e as pessoas ficam preocupadas em ficar ao desabrigo”, disse.

De acordo com Sobreira, dois locais de atendimentos dão orientações para as famílias desabrigadas. Disponibilizamos para a população esses pontos para receber essas pessoas que, por sua vez, não têm para onde ir. Damos toda a orientação, fazemos uma triagem, procuramos localizar um parente mais próximo e fazemos todos os trabalhos de assistência para as pessoas que estão precisando", declarou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.