Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

CGU inclui mais três empresas no cadastro de inidôneas Antes, a Construtora Delta, a RNR Consultoria de Engenharias Ltda, a NBR Engenheiros Consultores Ltda e a Construtora G&F Ltda já haviam sido incluídas na lista

Agência Brasil

Publicação: 20/12/2013 22:21 Atualização: 20/12/2013 22:23

Mais três empresas foram declaradas inidôneas pela Controladoria-Geral da União (CGU), conforme decisões publicadas no Diário Oficial da União desta sexta-feira (20/12). São as empresas Consultoria de Engenharia HSZ Ltda, Cirúrgica Erechin Ltda e Equifarma Comércio de Equipamentos Hospitalares Ltda. A idoneidade das três se deu pela prática de manobras fraudulentas, pagamento de propina a servidores públicos e outros atos ilícitos.

Antes, a Construtora Delta, a RNR Consultoria de Engenharias Ltda, a NBR Engenheiros Consultores Ltda e a Construtora G&F Ltda já haviam sido incluídas na lista. Elas foram alvo de investigação na Operação Mão Dupla, da CGU e da Polícia Federal, em 2010. Foi em decorrência dessas investigações que a HSZ sofreu agora a mesma medida.

Leia mais notícias em Brasil

De acordo com a assessoria da CGU, a HSZ fez pagamento de benefícios e propinas diretas e indiretas a servidores do Departamento Nacional de Infraestruturas de Transportes (Dnit), responsáveis por fiscalizar os serviços da empresa. Já as empresas Cirúrgica Erechin e Equifarma foram investigadas pela Operação Saúde, em 2011, que identificou fraude em licitações para compra de medicamentos no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina, no Paraná, em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia.

A partir de agora, essas empresas não podem mais contratar com a administração pública e seus nomes vão para o Cadastro das Empresas Inidôneas e Suspensas (Ceis). O procedimento investigatório da CGU absolveu as empresas Centromedi Comércio de Produtos Hospitalares e Prestomedi Distribuidora de Produtos para Saúde Ltda, por falta de elementos que comprovassem participação nas fraudes.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.