Brasil
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Corpos de casal morto na Serra do Cipó são encontrados em rio Os cadáveres foram achados depois que a Polícia Civil realizou um sobrevoo na região indicada por dois criminosos confessos do crime

Estado de Minas

Publicação: 08/01/2014 16:55 Atualização: 08/01/2014 17:08

Casal estava desaparecido desde a última sexta-feira após deixar pousada  (Reprodução/Facebook )
Casal estava desaparecido desde a última sexta-feira após deixar pousada

Foram encontrados, por volta das 14h30, os corpos do advogado Alexandre Werneck de Oliveira, de 46 anos, e da namorada, a também advogada Lívia Viggiano Rocha Silveira, de 39, que estavam desaparecidos desde a última sexta-feira (3/1). Os cadáveres foram achados depois que a Polícia Civil realizou um sobrevoo no Rio Santo Antônio, em Conceição do Mato Dentro, na Região Central de Minas Gerais. O local foi indicado por dois dos criminosos presos que confessaram o crime.

As buscas no rio começaram na última segunda-feira depois que o sumiço do casal veio à tona. Elas se concentraram no curso d'água que fica próximo ao local onde a Hilux do advogado foi encontrada queimada. Na manhã desta quarta-feira, militares do 3º Batalhão dos Bombeiros de Belo Horizonte chegaram a realizar mergulhos em uma grande área, mas nada foi encontrado. O sargento Washington Néri Rodrigues havia levantado a hipótese dos corpos terem sido jogados em outro local.

No inicio da tarde, os militares mudaram a estratégia e começaram a fazer buscas nas margens do rio. Policiais civis fizeram um sobrevoo na região e conseguiram visualizar os corpos. O cadáver de Alexandre foi encontrado um pouco acima do local indicado pelos criminosos Marcos Magno Peixoto Faria, de 25 anos, Helton Moreira de Castro, de 19, e um menor de 17 anos, que foram detidos e confessaram o crime. Já o corpo de Lívia estava um pouco mais distante.

Militares do Corpo de Bombeiros agora seguem para o local aonde estão os corpos para retirá-los da água. Em seguida, eles devem ser levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte.

O crime

Dois homens e um adolescente foram detidos e confessaram o assassinato  (Beto Novaes )
Dois homens e um adolescente foram detidos e confessaram o assassinato


As vítimas chegaram à Serra do Cipó na quinta-feira e se hospedaram na Pousada e Hotel Cipó Veraneio. Segundo parentes, elas ficariam na localidade até sábado, pois no domingo Alexandre pretendia comemorar o aniversário com familiares em Belo Horizonte. Na sexta-feira, o casal saiu da pousada e não retornou para o estabelecimento. No dia seguinte, o gerente do local deu falta dos hóspedes e avisou aos familiares deles.

As buscas pelo casal começaram na última segunda-feira, depois que os familiares das vítimas procuram a Polícia Militar para fazer um boletim de ocorrência. No mesmo dia, a PM foi acionada por investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Conceição de Mato Dentro, que encontraram uma Hilux queimada em uma área de mata perto de uma estrada.

Leia mais notícias em Brasil

Conforme a Polícia Civil, todos os documentos e cartões bancários das vítimas estavam no veículo queimado. Além disso, os bandidos não realizaram saque ou outra transação bancária. Toda a região da Serra do Cipó foi vasculhada, inclusive com o apoio de um helicóptero do Corpo de Bombeiros com um policial civil a bordo, mas nenhuma pista sobre o paradeiro do casal foi encontrada.

Mais tarde, os envolvidos no crime foram presos e confessaram ter matado o casal para roubar. Os suspeitos contaram que na sexta-feira abordaram as vítimas no mirante da Serra do Cipó. Os criminosos disseram que chegaram ao local em uma moto CBR-300 amarela, que pertence a Marcos. Armados com um revólver calibre 22, renderam o advogado e a namorada e os levaram, no carro deles, até uma ponte do Rio Santo Antônio. O casal teve os celulares e R$ 174 em dinheiro roubados. Em seguida, os ladrões disseram que atiraram contra as cabeças das vítimas. Depois, jogaram os corpos na água.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: marcelo augusto
os bandidos tem a pena de morte na mão,matam a troco de nada. Pena de Morte Já...pelo menos prisão perpetua ,sem direito a condicional. dentro poucos anos,estão na rua de novo,. | Denuncie |

Autor: Cesar Lins
A criminalidade no Brasil está absurdamente fora de controle. O sistema carcerário faliu. Por conta disso, fazem leis brandas, pq não há espaço nos presídios.As polícias brasileiras tem estrutura arcaica: A PM (militarizada, que só existe no Brasil) e a P.Civil comandada por advogados (Delegados). | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas