Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Governo federal libera R$ 152 milhões para o Espírito Santo Do total, R$ 72 milhões serão destinados à construção de 1.500 casas populares e R$ 80 milhões para obras de reconstrução de infraestrutura urbana, viária e pontes

Agência Brasil

Publicação: 09/01/2014 16:17 Atualização:

A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, anunciou nesta quinta-feira (9/1) a liberação de R$ 152 milhões para as obras no Espírito Santo, castigado pelas chuvas em dezembro.

Do total, R$ 72 milhões serão destinados à construção de 1.500 casas populares e R$ 80 milhões para obras de reconstrução de infraestrutura urbana, viária e pontes. O prazo para a conclusão das obras é um ano.

O anúncio foi feito após a reunião com o governador capixaba Renato Casagrande, que apresentou um plano de reconstrução do estado, com orçamento inicial previsto de R$ 540 milhões.

A ministra informou que o governo federal liberou R$ 11,6 milhões para o atendimento imediato às vítimas das enchentes. Além disso, foram disponibilizados R$ 600 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para obras de prevenção a enchentes.

Leia mais notícias em Brasil

Segundo o governador, existem 22 mil pessoas desalojadas e desabrigadas no estado. Por isso, disse ele, o início da construção de casas pré-moldadas, em fevereiro, é prioridade do governo estadual.

As tempestades de dezembro – consideradas o evento natural mais devastador da história do estado – afetaram mais de 60 mil pessoas, em pelo menos 54 dos 78 municípios, além de terem provocado 24 mortes.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas