Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Em duas horas, 36 mil ingressos são vendidos para desfiles no caranaval quem perdeu a oportunidade de garantir um lugar privilegiado para os desfiles dos dias 2 e 3 de março terá nova chance no próximo dia 22

Agência Brasil

Publicação: 13/01/2014 14:31 Atualização:

Rio de Janeiro – Em menos de duas horas foram vendidos os ingressos para arquibancadas especiais e cadeiras individuais nos dois dias de desfile das escolas de samba do Grupo Especial, no Rio de Janeiro. Os 36 mil bilhetes foram colocados à venda por telefone na manhã desta terça-feira (13/01), sendo 18 mil para cada noite, com preços variando entre R$ 140 e R$ 320, por pessoa.

De acordo com a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), quem perdeu a oportunidade de garantir um lugar privilegiado para os desfiles dos dias 2 e 3 de março terá nova chance no dia 22 de janeiro, quando os ingressos residuais serão colocados novamente à disposição do público.

“Os ingressos foram reservados, mas precisam ainda ser pagos nos dias 16 e 17 para validar”, explicou o coordenador de Venda de Ingressos da Liesa, Heron Schneider. “Quem não conseguiu [comprar] não precisa se desesperar, terá nova oportunidade no dia 22 e no balcão”, completou.

Em fevereiro, serão colocados à venda mais 38 mil ingressos para as arquibancadas populares, por R$ 10. Nenhum ingresso desse lote foi disponibilizado ainda. Nos dias que antecedem o carnaval, as entradas residuais também poderão ser adquiridas na bilheteria da Marquês de Sapucaí.

Leia mais notícias em Brasil

De acordo com Schneider, os 36 mil ingressos disponibilizados hoje foram vendidos apenas para pessoas físicas. Os ingressos para camarotes e frisas (espaço descoberto, fechado nas laterais, com entrada privativa e capacidade para seis pessoas) foram vendidos em outubro e novembro para pessoa jurídica e estão esgotados.

Os bilhetes podem ser comprados de qualquer lugar do país, pelo call center. Os números estão na página da Liesa na internet e variam de acordo com o setor.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas