Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

No DF, risco de raio é maior devido à altitude, alerta meteorologista Mulher é atingida por descarga elétrica no Guarujá. Meteorologista explica que fenômeno pode se repetir no Lago Paranoá

Publicação: 15/01/2014 07:44 Atualização:

A impressionante imagem do raio que atingiu e matou uma turista no Guarujá (SP), na tarde de segunda-feira, acendeu o sinal de alerta para milhares de turistas que lotam as praias do país nesta época de férias escolares. Segundo especialistas, uma média de 125 pessoas morrem por ano da mesma maneira em locais descampados. Eles também afirmam que moradores e visitantes de Brasília devem redobrar os cuidados diante do fenômeno natural.

A turista Rosângela Biavati, 36 anos, que morreu depois de ser atingida por um raio na praia do município paulista, estava chamando o filho e os sobrinhos para saírem do mar por causa do mau tempo quando recebeu a descarga elétrica. Ela estava com um grupo de 12 pessoas, entre familiares e amigos, na praia da Enseada, quando o tempo fechou. Eles haviam viajado de Ribeirão Pires, na Grande São Paulo, e chegado ao Guarujá ao meio-dia e pretendiam passar o dia na cidade.

Na primeira imagem, Rosângela está de braços abertos. Acima, é possivel ver o momento em que a descarga elétrica atinge a praia. Abaixo, a turista é socorrida (Rogério Soares/A Tribuna/Folhapress - 13/1/14)
Na primeira imagem, Rosângela está de braços abertos. Acima, é possivel ver o momento em que a descarga elétrica atinge a praia. Abaixo, a turista é socorrida


Brasília

Turistas que forem às praias, lagos e piscinas devem tomar cuidados com a possibilidade de raios durante tempo fechado. O metereologista Ruibran dos Reis, do portal Climatempo, afirma que ninguém está a salvo em localidades descampadas, como lavouras, e faz um alerta: em Brasília, o risco é maior devido à altitude do Planalto Central, que fica a cerca de 1.000m acima do nível do mar.

Leia mais notícias em Brasil

Cuidados
Veja como proceder durante tempestades elétricas em situações externas


» Afastar-se de descampados, pastos, lavouras, campos de futebol, piscina, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados

» Evitar contato com estruturas metálicas, como cercas de arame, grades, tubos metálicos, linhas telefônicas e de energia elétrica

» Também é recomendável não ficar próximo a máquinas pesadas, como equipamentos agrícolas e tratores, ou motocicletas, bicicletas e carroças

» Permaneça dentro de seu veículo, que é preparado para ser atingido por raios

» Se você estiver em algum lugar onde você não possa se proteger, o ideal é agachar-se, juntar os pés e abaixar a cabeça

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas