Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Edital para universidades que receberão alunos da Gama Filho sai até amanha A distribuição dos alunos da Gama Filho e da UniverCidade dependerá de quantas e quais forem as universidades que se inscreverem para a transferência assistida

Agência Brasil

Publicação: 16/01/2014 19:10 Atualização: 16/01/2014 20:19

A Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) do Ministério da Educação deve publicar, até quinta-feira (23/1), o edital de convocação das instituições de ensino do Rio de Janeiro interessadas em receber os alunos da Universidade Gama Filho (UGF) e do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), descredenciados pelo MEC no último dia 13. Ambas as instituições têm como mantenedor o Grupo Galileo Educacional

A Seres informou que vai convocar os dirigentes das principais instituições privadas de ensino superior para uma reunião, terça-feira próxima (21/1), para incentivar os estabelecimentos a abrir vagas para a transferência assistida. A reunião está prevista para as 14h, em Brasília.

A distribuição dos alunos da Gama Filho e da UniverCidade dependerá de quantas e quais forem as universidades que se inscreverem para a transferência assistida, a partir da chamada pública, explicou a assessoria de imprensa do MEC. O ministério analisará, então, se elas têm condições de receber os estudantes, além de dados como o número de vagas oferecidas e em quais cursos.

O primeiro caso de transferência assistida ocorreu na Faculdade Alvorada, em Brasília. Há quatro meses, os alunos da Alvorada, descredenciada pela pasta da Educação, enfrentavam esse problema, mas foram recebidos pelas instituições que responderam ao edital do MEC.

leia mais notícias em Brasil

Segundo a assessoria do MEC, o objetivo é evitar prejuízo para os alunos da Gama Filho e da UniverCidade. Para isso, o ministério deverá incluir no edital a condição de que as instituições candidatas a receber os estudantes tenham mensalidades próximas do valor que eles já pagavam nas duas universidades. O MEC trabalha também para que o processo de transferência não tenha custo para os alunos.

Outra preocupação é preservar as bolsas de estudos do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), além de impedir que alunos que estão nos últimos períodos do curso sejam prejudicados com atrasos na formatura.

Um grupo de alunos da Gama Filho e da UniverCidade foi recebido hoje (16), em Brasília, por representantes da Secretaria de Regulação e Supervisão do Ensino Superior do MEC, dos quais recebeu orientações e explicações sobre o processo de transferência assistida.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.