Brasil
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Delúbio Soares começa a trabalhar na CUT, após ser condenado no mensalão Depois do expediente, o ex-tesoureiro deve retornar ao Centro de Progressão Penitenciária

Agência Brasil

Publicação: 20/01/2014 16:20 Atualização: 20/01/2014 18:26

O ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, foi condenado a seis anos e quatro meses de prisão, começou hoje a trabalhar na CUT   (Sérgio Castro/CB/D.A Press)
O ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, foi condenado a seis anos e quatro meses de prisão, começou hoje a trabalhar na CUT
 

Brasília - O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, condenado a seis anos e oito meses de prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão, começou a trabalhar hoje (20/1) na sede CUT (Central Única dos Trabalhadores), em Brasília. Delúbio saiu pela manhã e deve retornar ao final da tarde. O ex-tesoureiro do PL (atual PR) Jacinto Lamas começou a trabalhar em uma empresa de engenharia.

Leia mais notícias em Brasil

O pedido de trabalho externo feito por Delúbio foi autorizado, na semana passada, pelo juiz Bruno André Silva Ribeiro, da Vara de Execuções Penais. O ex-tesoureiro receberá salário de R$ 4,5 mil. De acordo com a carta de emprego assinada pelo presidente da CUT, Vagner Freitas, o condenado foi contratado por ter experiência na área sindical.

O horário de expediente será das 9h às 18h. Após o serviço, ele deverá retornar ao Centro de Progressão Penitenciária. O ex-tesoureiro atuará no assessoramento da direção nacional da entidade, fazendo elaboração de projetos relacionados com a área sindical, como educação profissional e emprego.

Delúbio e Lamas estavam presos na Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal, desde novembro do ano passado, mas foram transferidos para o centro de progressão, destinado a detentos que têm autorização para trabalhar durante o dia.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Rafael
Apenas para registrar que durante o governo Lula foi aprovada uma lei que destina parte dos recursos da contribuição sindical obrigatória para a CUT. Ou seja os trabalhadores estão pagando o salário desse criminoso. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

:: Publicidade



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas