Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dedo do Cristo Redentor, no Rio, estará recuperado em duas semanas O trabalho de reparação é feito por meio de rapel, atividade vertical com uso de cordas, porque não é possível instalar um andaime ao redor da estátua, que tem cerca de 30 metros de altura

Agência Brasil

Publicação: 21/01/2014 19:08 Atualização: 21/01/2014 19:34

Começou hoje a restauração do dedo do Cristo Redentor (Thomaz Silva/Agência Brasil)
Começou hoje a restauração do dedo do Cristo Redentor

A estátua do Cristo Redentor, danificada por um raio na semana passada, deverá estar recuperada em duas semanas. Os turistas que lá estiveram nesta terça-feira (21/1) fizeram fotos da atração turística mais famosa do país, e registraram homens trabalhando para restaurar parte do dedo médio da mão direita. O trabalho de reparação é feito por meio de rapel, atividade vertical com uso de cordas, porque não é possível instalar um andaime ao redor da estátua, que tem cerca de 30 metros de altura.

Um dos técnicos que participam da reparação, Francisco Erivandro Rodrigues disse que o para-raio da estátua tem que ser trocado. “É ele [o para-raio] que protege o Cristo. Se não estiver legal sempre vai cair raio”, comentou. Depois de ter escalado o monumento diversas vezes, ele diz que a emoção é sempre muito grande. “É show de bola, muito legal quando chega lá em cima no braço. Não perde a graça, é sempre bonito”, disse ele.

Leia mais notícias em Brasil

Para a turista argentina Belen Ceballos e o filho, Bautista, o dedo que falta é uma atração para os turistas. “Vim mais até para ver isso. Minha mãe ligou de Córdoba para me contar. Todos ficaram sabendo. Quando vi a foto no jornal não pude acreditar. Achei incrível estar aqui justamente quando acontece isto e, ainda mais, poder contar”, disse ela. “Parece que o poder de Deus que atirou o raio; parece com a pintura da Capela Sistina [Itália], em que Deus toca o homem, completou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas