Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Manifestantes interditam avenida em marcha por moradia em São Paulo De acordo com a polícia, são cerca de duas mil pessoas; há um longo congestionamento, no sentido Palácio dos Bandeirantes

Agência Brasil

Publicação: 22/01/2014 10:52 Atualização:

O objetivo do protesto é conseguir uma reunião com o governador Geraldo Alckmin para discutir recursos para a habitação (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
O objetivo do protesto é conseguir uma reunião com o governador Geraldo Alckmin para discutir recursos para a habitação


São Paulo -
Cerca de duas mil pessoas, segundo a Polícia Militar, participam na manhã desta quarta-feira (22/1) de uma marcha por moradia organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST). Os manifestantes ocupam todas as faixas da Avenida Giovanni Gronchi, zona sul da capital. A interdição forma um longo congestionamento, no sentido Palácio dos Bandeirantes.

A caminhada começou por volta das 9h, após concentração no estacionamento de um hipermercado, em frente ao Terminal de ônibus João Dias. Os manifestantes vão se juntar a outro grupo de sem-teto, que partiu do Largo do Taboão, no Campo Limpo. O objetivo do protesto é conseguir uma reunião com o governador Geraldo Alckmin para discutir recursos para a habitação.

Segundo Joel de Oliveira, coordenador do MTST, participam da manifestação as oito ocupações pertencentes ao movimento: Capadócia, Vila Nova Palestina, Dona Deda, Pinheirinho, Che Guevara, Chico Mendes, João Cândido e Faixa de Gaza.

Leia mais notícias em Brasil

Os manifestantes reivindicam aumento no aporte ao projeto estadual de construção de moradias, semelhante ao Minha Casa, Minha Vida; abertura do auxílio aluguel estadual; e reclamam dos serviços prestados pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). “No município de Embu das Artes, a Sabesp está chegando um dia com água, três sem água. As contas estão vindo um absurdo, tem aumentado exageradamente a conta dos moradores de Embu. Eles [Sabesp] apenas alegam que tem vazamento”, disse Joel.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

:: Publicidade



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas