Brasil
  • (14) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Planalto lança manual de repressão a protestos nas ruas padrão Fifa Texto, elaborado pelo Ministério da Justiça, é visto com cautela por especialistas. Para ex-secretário, planejamento é mais importante que papel

Publicação: 23/01/2014 07:22 Atualização: 23/01/2014 07:43

Em 2013, manifestantes foram contidos com spray de pimenta e bombas de efeito moral (Breno Fortes/CB/D.A Press - 20/6/13)
Em 2013, manifestantes foram contidos com spray de pimenta e bombas de efeito moral


O Ministério da Justiça divulgará uma portaria regulamentando o uso das tropas de choque durante protestos e manifestações de rua. O documento, elaborado pelo Conselho Nacional de Comandantes Gerais de Policias Militares (CNCG) e pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça, detalha o uso de armas não letais, a organização de centros de controle e até mesmo equipamentos que devem ser disponibilizados aos policiais. Para o coronel reformado da PM paulista e ex-titular da Senasp José Vicente da Silva, a norma só surtirá efeito se for acompanhada de um planejamento e de um reforço na formação dos agentes.

“A norma é positiva, especialmente por ter sido elaborada por pessoas experientes. Mas ela, por si só, não trará os efeitos desejados, se não vier acompanhada de um planejamento mais minucioso e de uma formação mais aprimorada dos quadros da polícia”, destaca o especialista. Para o presidente do CNCG, o coronel da PM de Mato Grosso do Sul, Carlos Alberto David dos Santos, a edição da portaria é parte de um esforço de aprendizado. “Manifestações como as de junho são um fato novo. Quem disser que sabe exatamente como lidar com elas estará mentindo. Estamos todos aprendendo”, acredita.

Leia mais notícias em Brasil

Para o ex-superintendente da Polícia Federal em Brasília Daniel Sampaio, a norma pode limitar a eficácia das polícias ao quebrar o elemento-surpresa durante as operações. “A pessoa que chega a comandar uma operação deste tipo já recebeu um grande investimento do Estado em treinamento e tem discernimento para dar ordens. Parte da eficácia depende da autonomia de quem está à frente da situação. As normas não tem de engessar o comando”, avalia.

Esta matéria tem: (14) comentários

Autor: Silvio Filippi
Se essa idéia pega hein Jonh Moruba...... | Denuncie |

Autor: dimas moreira
É muito simples e fácil controlar esses protestos e manifestações. Basta, em vez de fazer manual para o povo, fazer manual para os políticos, magistrados e administradores públicos. Um item do manual é imprescindível: "o não cumprimento das normas gera exoneração sumária". | Denuncie |

Autor: adauto costa
Vivemos em um pais democrático e civilizado, o Planalto deveria divulgar folhetos explicativos a sociedade citando onde pode e não pode ficar, deixar um policial em frente a manifestantes sem armas, como tonfa e gás e melhor deixa um cone fazendo barreira para ninguém passa. | Denuncie |

Autor: andre afm
Dois pesos duas medidas, o PT não era contra a repressão? Agora que virou governo mudou de opinião agora? Continua valendo a antiga máxima: façam o que eu falo, mas não façam o que eu faço. | Denuncie |

Autor: Sands Pereira
Brasil vive em uma ditadura velada. O Estado tortura, agride, prende e mata. Agora querem propor que manifestações sejam enquadradas como atos de terrorismo. Retiram a liberdade para o povo se calar, enquanto os políticos e empresários dilapidam nosso patrimônio. | Denuncie |

Autor: igor santos
essa copa promete, e será uma resposta do povo brasileiro contra essa inversão de prioridade que acontece em nosso país, quem pode segurar uma multidão furiosa? | Denuncie |

Autor: Antonio Leite
Na Verdade esse partido das Raposas, que confisca terras de índios, que desvia dinheiro do povo sucateia hospitais,que perseguem militares como se eles tivessem levado jesus a cruz deveria ter vergonha e olhar para trás ou pelo menos assistir os filmes que eles diz ser vitimas! ROUBO Á BANCO. PT KKK. | Denuncie |

Autor: Patrick Melo
É curioso como os parlamentares se movem c/ certa agilidade na criação de "manuais" inconstitucionais contra manifestações sejam elas violentas ou não. Espero que o Governo crie também o manual da boa educação, saúde, moradia e segurança e deixe explícito nas mesas dos novos políticos de 2015. | Denuncie |

Autor: Antonio Leite
Pimenta no olho dos outros é refresco! O PT que criticou tanto as PMs os militares em geral hoje aquartela tropas para massacrar cidadãos que ,justamente cobra atitudes honestas e transparente desses Governantes que si diz democráticos e popular. Na verdade eles mudam conforme lhes convém, PT N. MAiS | Denuncie |

Autor: Joel Barros
É QUESTÃO DE TEMPO NA APRIMORAÇÃO DE QUALIDADE FIFA - A POLÍCIA QDO. QUER É EFICAZ!... | Denuncie |

Autor: John Moruba
KKKKKK.... essa copa será a vergonha do Brasil frente á comunidade internacional. Essa mancha será eterna! As olimpíadas também serão um fracasso, graças ao fracasso organizacional da copa! | Denuncie |

Autor: John Moruba
Me lembro que na Libéria, nos anos 80, o povo, muito abaixo da linha da miséria, apelou para uma arma incomum: sacos cheio das próprias fezes. Não sobrava um militar na rua, temendo levar um banho de cocô. Imaginem aqui, com esses PMs metidos e mauricinhos... | Denuncie |

Autor: Tarcísio Silva
Eu não sabia que os governos do PT também fazia uso de REPRESSÃO. Pensava que isto somente era praticado na época do regime militar. Não é esta a propaganda, neurótica, que sempre fizeram? | Denuncie |

Autor: lupercio santos
As PMs não vão colaborar com a copa, não existe valorização de seus integrantes, em Brasilia o GDF reestruturou todas as categorias menos a PMDF que é a mais diretamente ligada ao povo e ao combate ao crime. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.