Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Obra da Arena da Baixada preocupa, mas Curitiba está mantida na Copa Novas medidas foram impostas para terminar o estádio a tempo

Agência Brasil

Publicação: 23/01/2014 18:14 Atualização:

Faltando 139 dias para o início da Copa do Mundo, o andamento das obras da Arena da Baixada, em Curitiba, preocupa os organizadores do evento, mas tanto o governo federal quanto o Comitê Organizador Local (COL) e a Federação Internacional de Futebol (Fifa) acreditam que as medidas acertadas em reunião nesta quinta-feira (23) serão suficientes para concluir o estádio no prazo para que a capital paranaense receba os quatro jogos programados para a Copa do Mundo.

O secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, disse que na última vistoria, em dezembro, a preocupação com o atraso nas obras já havia sido externada. Agora, novas medidas foram impostas para terminar o estádio a tempo, acertadas na visita a Curitiba. As medidas envolvem a prefeitura, o governo do estado e o Clube Atlético Paranaense. “Em primeiro lugar, uma recomposição da gestão da obra nesta reta final, constituindo um comitê gestor com pessoal experiente em obras complexas e na condução dos trabalhos, tanto da prefeitura quanto do governo do estado. Em segundo lugar, é preciso intensificar o ritmo da obra, com ocupação plena dos dois turnos [de trabalho] autorizados e explorar a possibilidade de um terceiro turno, desde que conduzido em silêncio”.

Fernandes destacou que também foi necessário “equacionar o fluxo financeiro” para acelerar o ritmo da obra. Ele informou que a Agência de Fomento do Paraná liberou R$ 39 milhões para que o Atlético Paranaense dê continuidade ao trabalho no novo ritmo e que a obra é monitorada diariamente. Uma nova avaliação está prevista para 18 de fevereiro.

Leia mais notícias em Brasil

Para o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do COL, José Maria Marin, seria “profundamente lamentável” Curitiba ficar fora da Copa. “Não acredito nisso. Acho que todos irão se unir em Curitiba, o governo do Paraná, a prefeitura, os dirigente esportivos, todos eles, certamente, vão se reunir e encontrar uma solução favorável, e Curitiba não ficará fora da Copa do Mundo. Tenho certeza absoluta. Depende acima de tudo de muita união e de muita boa vontade”.

O secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, afirma que seria muito difícil remanejar os quatro jogos previstos para Curitiba. “Estamos pedindo que algumas coisas sejam feitas ao redor do estádio para preparar o entorno e o trabalho deve continuar no estádio, ao mesmo tempo. É um desafio muito grande, seria difícil para a Fifa realocar esses quatro jogos, não tem uma solução fácil hoje, o melhor e mais fácil para o Brasil é organizar esses jogos em Curitiba”.

Os organizadores também apresentaram a preparação para a música oficial da Copa do Mundo. A canção se chama “We are one” (Nós somos um) e foi composta e gravada por Claudia Leitte e os americanos Pitbull e Jennifer Lopez. A produção está em fase final de gravação. Segundo Claudia Leitte, a música representa a diversidade cultural brasileira.

“A música tem partes em espanhol, em português e em inglês, tem uma diversidade rítmica que merece destaque, tem Brasil em tudo quando e canto, você vai ouvir na batida, vai identificar o Brasil em cada pedaço da canção e eu acho que tem muito de tudo o que Pitbull captou, por se tratar de um artista conhecido, renomado no mundo interior, ele trouxe muitos elementos novos de tudo o que ele conseguiu assimilar na jornada dele pelo mundo. Essa música é um golaço”.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.