Brasil
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dois mil novos médicos cubanos começam a chegar hoje, segundo Ministério Esse grupo inaugura o terceiro ciclo do Programa Mais Médicos

Agência Brasil

Publicação: 28/01/2014 19:38 Atualização:

O primeiro grupo de médicos cubanos do terceiro ciclo do Programa Mais Médicos desembarca na noite de hoje (28/1) em Fortaleza, de acordo com o Ministério da Saúde. No total, 2 mil médicos cubanos começam a chegar hoje a Fortaleza, Brasília e São Paulo. Nas três capitais, os médicos cursam o módulo de acolhimento e avaliação do programa antes de serem encaminhados aos municípios onde vão trabalhar. A previsão é que eles comecem a atuar em março.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, acompanha a presidenta Dilma Rousseff em viagem a Cuba e se reuniu ontem (27/1) com os médicos cubanos que embarcam para o Brasil e para essa etapa do Mais Médicos.

Os cubanos vem ao país por meio do acordo de cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Eles são chamados para preencher as vagas não ocupadas por candidatos brasileiros e demais estrangeiros.

Leia mais notícias em Brasil


Ainda não está definido o local de atuação desses médicos. A distribuição ocorrerá após o encerramento do prazo que os profissionais brasileiros têm para decidir se querem migrar do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab) para o Mais Médicos.

Além dos cubanos, o terceiro ciclo do Mais Médicos terá 891 médicos selecionados por meio de inscrições individuais. Atualmente, em todo o país, 6.658 profissionais estão atuando pelo Mais Médicos em 2.166 cidades e 28 distritos indígenas, de acordo com o Ministério da Saúde. A meta do governo é preencher 13 mil postos até o fim de março.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Paulo Costa
Mais dois mil escravos! Onde está a Comissão Nacional de Trabalho Escravo? Ou será que não ter direitos trabalhistas, não ter proventos, não poder ser acompanhado pela família, não ter Carteira de Trabalho e ter passaporte recolhido...não configura trabalho escravo e o tráfico de seres humanos???? | Denuncie |

Autor: GILMAR PEREIRA
só for uma coisa seria tem que dar meu braço a torcer ao governo apesar de não usar o sistema de saúde publica, mas que posso precisar um dia em uma emergência ! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas