Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rio de Janeiro segue diretrizes federais para vacinação contra o HPV

Agência Brasil

Publicação: 09/02/2014 13:52 Atualização: 09/02/2014 14:32

A Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro informou que “vai seguir as diretrizes do Ministério da Saúde em relação à vacinação contra o HPV”, prevista para começar no dia 10 de março próximo, com a disponibilização das vacinas nos postos de saúde e também nas escolas. A definição das estratégias está sendo feita em conjunto com os programas de Imunização das secretarias municipais de Saúde, “que são as responsáveis pelas ações de vacinação”.

Em dezembro do ano passado, a Secretaria de Saúde de Minas Gerais promoveu a capacitação de todos os técnicos das 28 gerências regionais para a Campanha de Imunização contra o HPV. Foi feita também reunião com o Sindicato das Escolas Particulares.

Leia mais notícias em Brasil

Está agendado para a próxima quarta-feira (12/2) encontro com representantes da Secretaria Estadual de Educação e as gerências regionais de Educação Pública, informou a coordenadora de Imunização da Secretaria de Saúde de Minas Gerais, Tânia Brant. Foram confeccionados cartazes para divulgação nas escolas, além de spots para rádios. A estimativa é vacinar 509 mil adolescentes nos 853 municípios mineiros.

A Secretaria de Saúde de São Paulo informou à Agência Brasil, por meio de sua assessoria de imprensa, que vem realizando reuniões com articuladores regionais e municipais para discutir critérios e o processo de operação da campanha de prevenção contra o HPV. Um simpósio será feito no fim deste mês, para debater o tema com representantes das áreas de saúde e educação.

Contatos iniciais visando à campanha estão sendo feitos pela Secretaria de Saúde do Espírito Santo com as escolas públicas e privadas. Os municípios estão desenvolvendo ações nos colégios, disse a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações, Danielle Grillo. “O momento é de preparação para o início da vacinação, no dia 10 de março”. Em todo o Espírito Santo, serão vacinadas nessa primeira fase da campanha 91.820 meninas, em 78 municípios. A meta, confirmou Danielle, é vacinar 80% dessa população.

Segundo a coordenadora, não foi notada, até o momento, resistência dos pais e responsáveis em relação à vacina contra o HPV. A Secretaria de Saúde tomou conhecimento, entretanto, de manifestação contrária de alguns grupos religiosos, que consideram a vacina como um incentivo para a iniciação sexual precoce. “A gente entende que não é verdade, porque o início da vida sexual vai da educação que a família passa para a adolescente, da educação na escola”, disse Danielle.

Ela acrescentou que o governo capixaba está prestando os esclarecimentos necessários à população e pedindo o apoio de grupos religiosos e do sindicato das escolas nessa tarefa. “A gente está tentando se articular com o máximo de pessoas que possam ajudar nessa campanha”.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.