Brasil
  • (13) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Defesa quer que black block cumpra pena em prisão psiquiátrica Fábio Raposo, coautor do crime, alega ter encontrado o artefato no chão e entregado a outro homem

Étore Medeiros

Publicação: 11/02/2014 06:28 Atualização: 11/02/2014 10:34

A Polícia Civil do Rio de Janeiro identificou o homem que acendeu o rojão que atingiu Santiago Andrade, durante um protesto no Rio de Janeiro, na última quinta-feira. O cinegrafista da emissora Bandeirantes teve a morte cerebral confirmada ontem. “Temos convicção de quem foi a pessoa que acendeu o artefato. O próximo passo é pedir a prisão desse elemento, que já foi reconhecido”, garantiu o delegado Maurício Luciano, responsável pelo caso. Um mandado de prisão foi solicitado ao poder Judiciário, mas o nome do homem, que pode ser preso ainda hoje, não foi divulgado pelo Tribunal de Justiça do Rio. Para identificá-lo, a polícia teve a ajuda de Fábio Raposo, coautor do crime, que alega ter encontrado o artefato no chão e entregado ao outro homem. A dupla será indiciada por homicídio qualificado e explosão e poderá pegar mais de 35 anos de prisão, caso condenada.

Apesar de o caso ter causado revolta em entidades jornalísticas, o delegado não vê atentado à liberdade de imprensa (Marcelo Theobald/Agência O Globo)
Apesar de o caso ter causado revolta em entidades jornalísticas, o delegado não vê atentado à liberdade de imprensa


Raposo está preso temporariamente no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, e espera obter o benefício da delação premiada por ter colaborado com a investigação policial. “Ele não teve dificuldade em reconhecê-lo”, disse o delegado Maurício Luciano, que salientou, no entanto, que “caberá ao Poder Judiciário decidir se ele colaborou eficazmente para esta investigação”. Jonas Tadeu Nunes, advogado de Raposo, confirma que entregou ontem à polícia civil o nome, a identidade e o CPF do homem que teria lançado o rojão contra Santiago. Segundo Nunes, o cliente e o outro suspeito não eram amigos, mas se conheciam de outras manifestações. “Eles se conhecem pelos codinomes”, explicou. A partir do apelido, Raposo indicou uma terceira pessoa que ajudou a identificar o homem.

Leia mais notícias em Brasil

Apesar de ter sido indiciado por homicídio qualificado, a intenção do advogado de Raposo é mudar a qualificação do crime para lesão corporal gravíssima seguida de morte. Com isso, Nunes pretende diminuir a prisão temporária de Raposo e evitar que o ativista cumpra pena em regime fechado. “Vou trabalhar para que, se vier uma condenação, que seja em regime semiaberto. (Raposo) é um menino franzino, que tem problemas psicológicos graves, precisa de remédios. Vamos provar isso na Justiça.” A intenção de Nunes é que o jovem cumpra pena em estabelecimento prisional psiquiátrico. Um pedido de prisão domiciliar também não está descartado.

Embora a tragédia com Santiago Andrade tenha gerado manifestações de repúdio de diversas entidades jornalísticas, para o delegado que investiga o caso, o ataque promovido pelos dois jovens “não foi um atentado à liberdade de imprensa”, uma vez que o alvo era os policiais que acompanhavam a manifestação. Maurício Luciano disse ainda que o episódio deveria incentivar uma revisão da legislação relativa a fogos de artifício no Brasil, uma vez que ficou comprovada a letalidade dos artefatos.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (13) comentários

Autor: edson silva
coitadinho o rapaz franzinho, não sabe de nada! ele não sabe nem porque tá preso, ele não tem mãe nem pai é mais um renegado pela sociedade capitalista! ele tem que se manifestar mesmo! A SOCIEDADE É QUE ESTÁ ERRADA, OS PADRÕES ÉTICO E MORAIS ESTÃO ERRADOS! | Denuncie |

Autor: neilson feitosa
Fico muito triste pela familia da vitima o cinegrafista, mas o que mais me deixa chateado é saber que muito outros crimes e de gravidades ainda maiores ocorrem, e nao se faz nada, so choca quando é rico , famoso ou do meio do jornalismo, meus sentimentos BRASIL | Denuncie |

Autor: aparecida gomes
Prisão domiciliar esse delinquente já provou que solto é uma ameaça à população, não resta outra alternativa senão o estabelecimento prisional psiquiátrico. | Denuncie |

Autor: Daniel Franco
O que ocorreu foi que estes grupos de filhinhos de papai (black blocs) foram incentivados pela grande mídia televisiva ate a pouco tempo, ou seja, quando a Policia reprimia, a imprensa defendia esse bando de desocupado e bandidos. Era só que faltava o Governo Federal negociar com esses terroristas m | Denuncie |

Autor: aline andrade
Tudo bem. Não foi um crime contra a liberdade de imprensa, porque era dirigido aos policiais. Equivale a dizer que se tivesse atingido um policial e tivesse por consequencia a morte deste, poderia. É isso mesmo produção? | Denuncie |

Autor: Elpidio da silva olivares
Nossa! coitado do Fábio, é franzino e doente!! estamos perdidos mesmo com essas leis brasileiras. O cara é baderneiro, participa da morte de um trabalhador e o advogado entende que ele é frágil! Na hora de quebrar, agredir e incendiar, ele não pensou na possibilidade de matar alguém. | Denuncie |

Autor: raimundo ribeiro
Esses idiotas não tem nada de mente perturbada, tem mesmo é mente vazia, filhinhos de papai que não tem nada que fazer e se dizem injustiçados pelo estado mas tem à sua disposição os melhores criminalistas do país o que o cidadão trabalhador nem chega perto "Mente vazia oficina do diabo". | Denuncie |

Autor: Ana Maria Souza
Liberdade de expressão! Defesa de nossos direitos! Agora, matar alguém em praça pública pode! Tudo em defesa de direitos de cidadãos que usam ônibus. Duvido que alguém que ali estava fazendo baderna use transporte público para justificar tanta violência. São bandidos! Covardes! | Denuncie |

Autor: Ana Maria Souza
Ha ha ha!! Agora o bandidinho é " um menino franzino, que tem problemas psicológicos graves"! E não deve ter pai e mãe para frear tanta brutalidade num corpo tão franzino. Advogado de porta de cadeia é fogo!! Queria ver esse advogado defendendo um bandido que fez de vítima um familiar seu! É o fim... | Denuncie |

Autor: manoel sousa
Tem que colocar esses animais e na Jaula,pois tiraram a vida de um pai de Família, meu Deus vamos acabar com este tipo de Gente. | Denuncie |

Autor: Fernando Carvalho
Bando de covardes!!! Assim que acham querer mudar alguma coisa, matando pessoas inocentes que poderiam estar fazendo outro trabalho e não cobrindo a baderna causada por esses "black bostas"! | Denuncie |

Autor: José Ferreira Ferreira
"Nenino franzino", tá brincando? esse terrorista faz o que faz e agora vem com essa de problemas psiquiátrico? Se eu fosse o juíz eu os deixaria presso pelo resto da vida. Eles destruiram uma família, não tem essa de dar liberdade as esses terroristas. | Denuncie |

Autor: eridan costa
Clinica psiquiatrica??? O cara é um bandidão. Para com esta farsa | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas