Brasil
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Horário de verão termina e relógios devem ser atrasados em uma hora Distrito Federal economizou 0,4% no consumo de energia elétrica durante os quatro meses de horário de verão -- o equivalente a 30% do consumo de uma cidade do tamanho de Brazlândia

Marianna Rios -

Publicação: 16/02/2014 12:46 Atualização:

O horário de verão, que começou a valer em 20 de outubro de 2013, terminou na madrugada deste domingo (16/2) e os relógios devem ser atrasados em uma hora. O período gerou economia de 0,4% ao Distrito Federal, segundo a Companhia Energética de Brasília (CEB). A energia poupada é o equivalente a 30% do consumo de uma cidade do tamanho de Brazlândia.

Segundo a CEB, a redução do consumo deve-se à diminuição da demanda de energia elétrica nos horários de pico -- entre 18h e 21h.


Leia mais notícias em Brasil

 

Segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o subsistema Sudeste/Centro-Oeste economizou 1.915 MW (4,1%), enquanto o Sul poupou 650 MW (4,3%). O estado de Goiás foi, em porcentagem, o que menos economizou energia na demanda do horário de ponta: 3,5% -- o equivalente a 72 MW.

Entenda

Desde 2008, o horário de verão começa no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro. A medida vale para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Com informações da Agência Brasil

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Sérgio Prado
Absurdo! 0,4%? pra quê que serve esse horário de verão? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.