Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Fundação Assis Chateaubriand comemora 25 anos realizando projetos sociais A Fundação comemora 25 anos levando oportunidades de desenvolvimento a comunidades nas regiões de atuação dos Diários Associados e tem na história diversos projetos sociais

Publicação: 23/02/2014 08:00 Atualização:

O projeto Esporte e Cidadania, realizado nos centros olímpicos do Distrito Federal, é um dos trabalhos sociais realizados pela entidade (Camila de Magalhães/CB/D.A Press)
O projeto Esporte e Cidadania, realizado nos centros olímpicos do Distrito Federal, é um dos trabalhos sociais realizados pela entidade


Num país em desenvolvimento como o Brasil, a lista de ações sociais necessárias é robusta. O poder público trabalha em várias frentes de atuação, porém não consegue promover tudo o que se espera. Nesse sentido, a participação da sociedade de forma organizada se torna importante para o suprimento das necessidades da população. Em pleno crescimento, o terceiro setor busca cumprir o papel de realizar iniciativas privadas de utilidade pública. Foi com essa visão de futuro que integrantes do condomínio dos Diários Associados criaram em 23 de fevereiro de 1989 sua fundação empresarial, a Fundação Assis Chateaubriand, em homenagem ao fundador do grupo de comunicação. Com sede em Brasília, a entidade completa 25 anos e tem na história vários projetos sociais que já impactaram milhares de pessoas nos estados brasileiros.

Leia mais notícias de Brasil

O diretor de Relações Institucionais da Fundação Assis Chateaubriand (FAC), Paulo César de Oliveira Marques, explica que a preocupação não deve de ser apenas dos governos e de algumas instituições privadas, mas também dos indivíduos da sociedade. “As pessoas passaram a esperar que as empresas das quais sejam consumidores tivessem uma postura diferente frente a essas questões”, avalia. “O engajamento dos veículos de comunicação dos Diários Associados em conjunto com a Fundação nas causas de cada cidade amplia a percepção de proximidade com as pessoas e os laços com as comunidades”, defende Paulo César.

Educação, cultura, esporte, saúde, turismo e memória são as áreas de trabalho da entidade, que, por meio de programas, projetos e ações, colabora com o cumprimento dos oito objetivos de desenvolvimento do milênio. “Esses objetivos coincidem com diversas questões relevantes para o Brasil, por isso buscamos o alinhamento das nossas ações com cada um deles: acabar com a fome e a miséria; educação básica de qualidade para todos; igualdade entre sexos e valorização da mulher; redução da mortalidade infantil; melhorar a saúde das gestantes; combater a Aids, a malária e outras doenças; qualidade de vida e respeito ao meio ambiente; e todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento”, enumera a superintendente executiva da FAC, Mariana Borges.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas