Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Moradores incendeiam base da polícia no Complexo de Lins, no Rio O protesto começou depois que uma menina de sete anos foi ferida, segundo relatos de moradores, durante ação da PM

Agência Brasil

Publicação: 24/02/2014 10:44 Atualização:

Moradores do Complexo do Lins, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, incendiaram na noite de domingo (23/2) três ônibus e uma das bases da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). O protesto começou na noite de ontem, depois que uma menina de sete anos foi ferida, segundo relatos de moradores, durante ação da Polícia Militar em Cachoeira Grande.

O incêndio atingiu a rede elétrica e deixou a comunidade às escuras. “Infelizmente o fogo atingiu os fios, transformadores e um mercadinho”, disse Márcia Jacintho, líder comunitária do Complexo de Lins, área ocupada por uma UPP desde dezembro do ano passado.

Leia mais notícias em Mundo

Segundo o Centro de Operações da prefeitura, a Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá ficou fechada durante a madrugada, só sendo liberada para o tráfego às 4h30. De acordo com Márcia Jacintho, a menina já recebeu alta do Hospital Naval Marcílio Dias e passa bem.

A assessoria de imprensa da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) disse que a criança teve um ferimento no ombro e foi medicada no hospital. A polícia não soube dizer, no entanto, o que provocou o ferimento. Segundo a CPP, os policiais não efetuaram disparos de arma de fogo na favela.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas