Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

MP do Paraná investiga fraudes no ponto eletrônico do Porto de Paranaguá MPE e a Polícia Federal (PF) apreenderam na última sexta-feira (21/2) 25 moldes de silicone, correspondentes aos dedos de 14 funcionários da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina

Agência Brasil

Publicação: 24/02/2014 18:01 Atualização:

A 4.ª Promotoria de Justiça de Paranaguá, no litoral do Paraná, investiga possíveis fraudes no controle do ponto biométrico dos servidores do Porto de Paranaguá. O Ministério Público Estadual (MPE) e a Polícia Federal (PF) apreenderam na última sexta-feira (21/2) 25 moldes de silicone, correspondentes aos dedos de 14 funcionários da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina. Os moldes eram usados para bater o ponto de servidores que não compareciam para trabalhar.

Leia mais notícias em Brasil

Os funcionários relacionados aos moldes apreendidos já foram identificados e as investigações prosseguem para a identificação de todos os envolvidos, que futuramente poderão ser responsabilizados no âmbito civil, por ato de improbidade administrativa, e criminalmente, por formação de quadrilha, falsidade ideológica e peculato, entre outros.

Segundo a administração do porto, já está sendo feito um levantamento das imagens das câmeras de segurança dos locais onde os funcionários batiam o ponto. O processo corre em segredo de Justiça, e o MPE prevê que em 30 dias tenha concluído as investigações preliminares.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas