Brasil
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Para presidente da Embratur, ainda falta pedido de desculpas da Adidas Aos patrocinadores da Copa do Mundo um pedido para que mensagens como as veiculadas pela Adidas sejam evitadas

Agência Brasil

Publicação: 26/02/2014 21:08 Atualização:

O presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino, disse nesta quarta-feira (26/2), em Brasília, que ainda espera um pedido de desculpas da empresa Adidas, responsável pelo lançamento de uma linha de camisetas alusivas à Copa do Mundo que apresentam imagens com apelo sexual. A empresa é uma das patrocinadoras oficiais do torneio de futebol.

“Acho que ainda falta alguma coisa, um pedido de desculpas da empresa para o Brasil. Na verdade houve [apenas] um comunicado, dizendo 'retiramos a campanha'. Infelizmente, a Adidas não pediu desculpas formalmente, mas esperamos que o faça”. Presente no lançamento de uma campanha da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH) contra violência a crianças e adolescentes, Dino se referiu à linha de camisetas como um “desrespeito à sociedade e, especialmente, à dignidade da mulher brasileira”.

Dino informou que enviou à Federação Internacional de Futebol (Fifa) e aos patrocinadores da Copa do Mundo um pedido para que mensagens como as veiculadas pela Adidas sejam evitadas. Além disso, solicitou que as entidades façam a divulgação do Disque 100, serviço brasileiro de denúncia contra maus-tratos a crianças e adolescentes.

Leia mais notícias em Brasil

A ministra da SDH, Maria do Rosário, parabenizou a ação do Ministério do Turismo e da Embratur no caso, repudiando publicamente as camisetas lançadas pela empresa. “O Brasil não é destino de turismo sexual, não aceita a exploração sexual e essa atitude que o ministério e a Embratur tiveram foi justa com as mulheres e meninas do Brasil”.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Mario Augusto Osanai
Maria do Rosário é homenageada e desfilará pela Samba Puro, de Porto Alegre. Paulão, um dos maiores traficantes do RS "manda" na entidade. O crime agradece a atuação de Maria do Rosário, defensora dos crimes individuais, pois para o PT não existe quadrilha. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas