Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Comunidade lota quadra para comemorar terceiro título da Unidos da Tijuca Com o enredo 'Acelera, Tijuca', a escola fez uma homenagem ao piloto tricampeão da Fórmula 1 Ayrton Senna

Agência Brasil

Publicação: 05/03/2014 19:50 Atualização: 05/03/2014 20:00

Campeã volta ao Sambódromo no próximo sábado (8/3) (Tasso Marcelo Leal/ AFP Photo)
Campeã volta ao Sambódromo no próximo sábado (8/3)

A quadra da Escola de Samba Unidos da Tijuca, campeã do Grupo Especial do carnaval carioca deste ano, ficou pequena para receber os admiradores e integrantes da agremiação da zona norte. Com o enredo Acelera, Tijuca, a escola fez uma grande homenagem a um dos maiores ídolos do esporte brasileiro, o piloto tricampeão da Fórmula 1 Ayrton Senna, morto há cerca de 20 anos, no circuito de Imola, na Itália.

Foi o terceiro título da escola no Grupo Especial em cinco anos. A Tijuca foi a vencedora em 2010, com o enredo Segredo, e em 2012, com uma homenagem ao sanfoneiro Luiz Gonzaga.

A quadra, localizada na região portuária, tem capacidade para receber até 5 mil pessoas, mas logo ficou lotada, apósa proclamação do resultado. A Tijuca foi campeã com apenas um décimo de ponto à frente da segunda colocada, Acadêmicos do Salgueiro. Em terceiro, ficou a Portela, seguida pela União da Ilha, Imperatriz Leopoldinense e Grande Rio. As seis escpças voltam ao Sambódromo no próximo sábado (8/3) para o Desfile das Campeãs.

Leia mais notícias em Brasil

A vitória apertada levou muita emoção aos integrantes da escola, como a passista Luciane Oliveira, que chorou, ao falar do resultado: “Sofremos muito, mas nós já sabíamos que íamos ganhar. Com o [carnavalesco] Paulo Barros, a gente sabe que o melhor carnaval vai sempre prevalececer na avenida. A briga foi grande, porque as demais escolas também fizeram bons desfiles, mas vence sempre a melhor.”

O título também foi muito comemorado por Marlene Lemos, uma das integrantes da Ala das Baianas . “Eu sou nascida e criada na quadra da Unidos da Tijuca. Fiquei muito emocionada, já chorei muito. Eu desfilo há 15 anos na escola”, disse Marlene.

Para o mestre de bateria Casagrande, quesito em que a Tijuca obteve nota 10, a figura de Ayrton Senna foi fundamental para a vitória na avenida. “Nós sabíamos que tínhamos feito um grande desfile. A figura do Senna incorporou na gente. É a figura de um vencedor, e ele deu este título para a gente. Senna, onde você estiver, muito obrigado”, afirmou, emocionado, mestre Casagrande.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas