Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mulher arrastada por carro da PM após ser baleada chegou morta a hospital A informação foi divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde, responsável pelo Hospital Carlos Chagas, para onde ela foi encaminhada

Agência Brasil

Publicação: 17/03/2014 11:25 Atualização: 17/03/2014 11:32

A moradora da comunidade da Congonha, na zona norte do Rio de Janeiro, Cláudia da Silva Ferreira, arrastada por um carro da Polícia Militar nesse domingo (16/3) já chegou morta ao hospital. A informação foi divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde, responsável pelo Hospital Carlos Chagas, para onde a mulher foi encaminhada.



Cláudia foi baleada em uma operação policial em sua comunidade. Três policiais militares prestaram socorro e colocaram a mulher no porta-malas do carro. Segundo a assessoria de imprensa da PM, no caminho para o hospital, o porta-malas abriu e Cláudia se projetou para fora do carro. Presa no automóvel, ela acabou sendo arrastada.

Leia mais notícias em Brasil

Os policiais foram presos por determinação da própria Polícia Militar: inquérito policial militar (IPM) foi aberto para investigar a conduta dos agentes no socorro à vítima. O carro passou por uma perícia do Centro de Criminalística da PM.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas