Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Sérgio Cabral está reunido com Dilma para pedir ajuda federal Na noite dessa quinta-feira (21/3), um policial militar foi baleado na perna durante um confronto em Manguinhos (Rio de Janeiro)

Agência Brasil

Publicação: 21/03/2014 12:49 Atualização: 21/03/2014 13:41

[FOTO1]
O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, está reunido com a presidente Dilma Rousseff discutindo soluções para a crise na segurança pública do estado, que piorou após uma série de ataques a comunidades pacificadas. Nessa quinta-feira (20/3), houve ataques em três áreas com unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). Em um dos confrontos, o comandante da UPP Manguinhos, capitão Gabriel Toledo, foi baleado na perna direita com um tiro de fuzil.

Cabral diz que segurança pública do Rio está de prontidão Comandante da UPP Manguinhos é baleado Cabral deve pedir a Dilma o envio de forças federais para conter os ataques em comunidades pacificadas. Também participam do encontro com a presidente o vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, o secretário de Segurança do estado, José Mariano Beltrame, o chefe de Polícia Civil, Fernando Veloso, e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Luís Castro de Menezes. Segundo o governador, a decisão de solicitar reforço ao governo federal foi tomada junto com o comando da segurança pública do estado.

Leia mais notícias em Brasil

 “O gabinete de crise se reuniu para fazer uma análise da situação da criminalidade, que tem como finalidade enfraquecer a política de pacificação. Estou indo nesta sexta-feira a Brasília me encontrar com a presidente e os ministros das pastas afins para pedir ajuda. O Rio vai responder como sempre fez: unindo forças. A população pode ter certeza de que vamos responder", disse Cabral em nota divulgada da noite de ontem. Antes de embarcar para Brasília, o governador disse nesta sexta-feira (21/3), que a segurança pública do Rio está em "alerta máximo" e que as polícias Civil e Militar estão de prontidão para garantir a segurança da população.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas