Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Policiais da UPP da Rocinha enfrentam criminosos em comunidades do Rio o confronto resultou em um tiroteio, mas ninguém ficou ferido. Na ação, um veículo policial foi atingido em uma das portas

Agência Brasil

Publicação: 25/03/2014 12:17 Atualização:

Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha foram recebidos a tiros por criminosos, por volta das 23h dessa quarta-feira (24/3), quando estavam em patrulhamento na Estrada da Gávea, na localidade conhecida como Dioneia, perto da Curva do S. Os policiais revidaram, mas ninguém ficou ferido no tiroteio. Na ação, um veículo policial foi atingido em uma das portas. O policiamento foi reforçado na região em busca dos criminosos. O caso foi registrado na 11ª Delegacia de Polícia (Rocinha).

Em outro ponto da cidade, policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM, que ocupam desde a última sexta-feira (21/3) as favelas Nova Holanda, em Bonsucesso, e Parque União, na entrada para a Ilha do Governador, no subúrbio do Rio, apreenderam uma pequena quantidade de crack, maconha e cocaína, durante patrulhamento contra o crime organizado na madrugada de hoje . Ninguém foi preso durante a ação.

Leia mais notícias em Brasil

As duas comunidades fazem parte do Complexo da Maré e serão ocupadas por tempo indeterminado por tropas do Exército, para a preparação de unidades de Polícia Pacificadora (UPP) na região, onde vivem mais de 100 mil pessoas, de acordo com o último censo do IBGE. No Complexo do Alemão, durante patrulhamento de rotina, uma equipe policial da UPP se deparou com criminosos na Rua Joaquim de Queiroz, às 4h30 da madrugada de hoje. Os militares deram ordem para que o grupo parasse, e os criminosos atiraram. Houve revide.

Na ação, Handi Miller Jerônimo da Silva, de 22 anos, foi preso. Com ele, os policiais encontraram um rádiotransmissor, seis pinos de cocaína e um tablete de 30 gramas de maconha. Um homem com um ferimento solicitou ajuda aos policiais e foi levado para o Hospital Estadual Getulio Vargas. O caso foi registrado na 22ª DP (Penha).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas