Brasil
  • (13) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Após pesquisa, campanha contra estupro chega a 42 mil adesões na internet Portais internacionais de notícia deram destaque, na manhã de domingo, ao protesto virtual

Publicação: 31/03/2014 08:48 Atualização: 04/04/2014 14:21

 (Facebook/Reprodução )


A campanha #eunãomerecoserestuprada, reação ao resultado da pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que mostrou o quanto o Brasil ainda é machista, já conta com a adesão de mais de 42 mil usuários na internet. Em uma rede social, a página do evento tem 251 mil pessoas debatendo o tema. Portais internacionais de notícia deram destaque, na manhã de domingo, ao protesto virtual. O estudo que motivou a manifestação na internet apontou que 65,1% da população concorda total ou parcialmente que "mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas". Ontem, a atriz Alinne Moraes e a cantora de funk Valesca Popozuda aderiram à campanha pelas redes sociais.

No sábado, organizadores da campanha foram até a Delegacia da Mulher e denunciaram usuários que postaram ameaças na página do evento em uma rede social. Um investigador, especializado em crimes cibernéticos, já trabalha para tentar identificar os agressores. A estimativa é de que mais de 100 pessoas possam ser responsabilizadas pelas ameaças.

Leia mais notícias em Brasil

A jornalista Nana Queiroz, 28 anos, publicou na internet um texto com imagem de um dos agressores que segurava um cartaz com os dizeres "#eu já estuprei e estupro de novo". A Polícia Civil vai priorizar a identificação de quem postou ameaças diretas aos organizadores da campanha.

"Ficamos na delegacia de 15h às 19h. Se o Marco Civil da internet já tivesse sido aprovado, esses agressores seriam responsabilizados com muito mais agilidade. São centenas de pessoas. O delegado nos informou que todo o processo de identificação, caso a caso, pode demorar seis meses. Estamos encaminhando os mais chocantes", declarou Nana.

A cantora Daniela Mercury entrou na campanha ao postar uma foto no Instagram (@danielamercury/ Instagram/ Reprodução)
A cantora Daniela Mercury entrou na campanha ao postar uma foto no Instagram


Alerta
Os organizadores estão orientando os usuários a copiar os posts com agressões e ameaças para facilitar o envio à Delegacia da Mulher. "Mesmo que o perfil seja falso, os investigadores conseguem rastrear o ID da pessoa e podem prendê-la em seguida por incitação ao estupro, que é crime no Brasil. Se esse protesto servir para colocar um bando de estupradores potenciais atrás das grades, já somos vitoriosas", alerta a campanha.

Esta matéria tem: (13) comentários

Autor: raimundo perna
Todo aquele que ostenta ,precisa de segurança. A exposição insinuante de valores, atrai ladrões. A regra é universal e para um bom entendedor...a discrição é fundamental em um país onde as leis não são respeitadas ou são brandas | Denuncie |

Autor: Marlon Souza
A respeito dos que apoiam o estupro, a respeito das funkeiras e axezeiras querendo aparecer, e até a respeito do pais como um todo só posso declarar o seguinte: 'Eu me sinto um estrangeiro/ passageiro de algum trem/ que nao passa por aqui'. (Revolta dos dandis - H.Gessinger) | Denuncie |

Autor: Márcia Cunha
A culpa por um crime é do criminoso. Chega de querer culpar a vítima. Além disso, não é verdade que o homem não consegue pensar ou se controlar. Bandidos estupram, homens normais não! | Denuncie |

Autor: raimundo perna
Sair com uma carteira recheada de dinheiro em qualquer lugar ,aguça o instinto de quem é ladrão. Ninguém merece o estupro, seja do sexo masculino ou feminino.A sensatez evita o que pode ser inevitável.Se você anda no meio de tiros ,pode levar uma bala perdida.Para um bom entendedor... | Denuncie |

Autor: luiz melo de sousa
com esse comportamento você não muito longe. | Denuncie |

Autor: anderson souza
Vamos lá,qualquer tipo de violência é inadmissível e o estupro,mais ainda. O que me impressiona é que tem mulheres que adoram se aparecer por qualquer coisa; falta de serviço faz coisa. | Denuncie |

Autor: Elizeu Faria
Estupro é crime hediondo, não deveria ter fiança. E mais, eu sou de acordo, que o estuprador, deve ser castrado, isto mesmo, CASTRADO!!! Porque assim, a libido é minorada e acaba o rompante de machão. | Denuncie |

Autor: Elizeu Faria
Na Europa, Asia e mesmo nas Américas, a mulher brasileira, toda ela é prostituta. Os gringos veem ao Brasil para fazer sexo, por quê? Porque nós, deixamos que a mulher se desvalorizasse: no comportamento, na forma de expressão, de se vestir, de querer ser liberta, aí errou na dose e agora? | Denuncie |

Autor: Hélio bezerra
O estupro deveria ser punido com a pena de morte, isso ninguém discuti, mas que as meninas de hoje, andam de forma muito provocante, isso tb ninguém contesta..... | Denuncie |

Autor: Elizeu Faria
Nada justifica dizer que a mulher brasileira tem que ser estuprada!!! Ora, a mulher brasileira é a mais linda do mundo; ela tem um valor imensurável, mas infelizmente, não sabe se dar o devido valor, justamente pela forma de se portar, se vestir e se expressar. Mulher, valorize-se!!! | Denuncie |

Autor: Bela Inês
Além de muitos cafajestes por aí, ainda tem no Brasil a população que, mesmo não criminosa o suficiente para estuprar, mas insiste em criticar o comportamento feminino. Além da mulher ser ofendida no seu direito, ainda é recriminada por suas roupas. Calça jeans não afasta estuprador. Justiça, sim! | Denuncie |

Autor: Alessandro Porto
Infelizmente esse tipo de campanha é inútil. Estupradores, assim como pedófilos, possuem desvio de personalidade incurável. São verdadeiros psicopatas. Obtém prazer na ingenuidade de uma criança ou no medo de sua vítima. A única solução é mantê - los encarcerados pelo resto de suas vidas. Uma pena | Denuncie |

Autor: luiz melo de sousa
andar pelada não dar direito de ser estuprada cabe aos públicos prendre-la porque com certeza se andasem com respeito dificilmente aconteceria mais hoje tudo pode então não reclama. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas