Brasil
  • (10) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Médica condenada por mandar cortar pênis de ex-noivo permanece em BH Myriam Priscilla de Rezende Castro chegou à Penitenciária Feminina Estevão Pinto na madrugada desta quarta-feira. Ela vai permanecer no complexo até que uma revisão criminal movida pela defesa seja julgada

Clarissa Damas - Estado de Minas

Estado de Minas

Publicação: 02/04/2014 13:15 Atualização:

Defesa aguarda o julgamento de revisão criminal (Reprodução/Facebook)
Defesa aguarda o julgamento de revisão criminal
A médica mineira Myriam Priscilla de Rezende Castro, de 34 anos, condenada a seis anos de prisão por ter ordenado que o pênis do ex-noivo fosse cortado, vai permanecer na Penitenciária Feminina Estevão Pinto, em Belo Horizonte. Ela deu entrada no complexo às 1h50 desta quarta-feira, após ser detida em Pirrassununga, no interior de São Paulo.

De acordo com o advogado de defesa da mulher, Marcelo José Cerqueira Chaves, a defesa aguarda o julgamento de uma revisão criminal manejada contra a condenação. “Surgiram novas provas que dão conta da inocência da minha cliente. Vamos aguardar o julgamento da revisão, que ocorrerá no próximo dia 14, para ver que decisão tomar”, explica.

De acordo com Chaves, caso o resultado do julgamento seja positivo, Myriam ganhará a liberdade. Caso seja negativo, a defesa vai pedir adequação do regime, já que a médica foi condenada em regime semi-aberto. A revisão criminal corre pelo 1º Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Leia mais notícias em Brasil

Entenda o caso

Myriam Priscilla de Rezende Castro foi condenada a seis anos de reclusão por ter mandado dois homens cortarem o pênis do ex-noivo dela, Wendel José de Souza, que terminou o relacionamento três dias antes do casamento. O crime ocorreu em 2002, na cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata.

Revoltada diante do término, conforme a investigação da Polícia Civil, Myriam e o pai dela contactaram dois homens e acertaram com eles a mutilação de Wendel. A vítima foi rendida pelos criminosos quando estava na companhia do irmão, que desmaiou ao presenciar a cena de violência. Os homens usaram uma faca para cortar o pênis do rapaz e disseram que estavam cometendo o ato a mando da mulher. Além disso, Wendel teve o carro e a casa incendiados após o fim do noivado.

Ainda segundo a PC, após o fato, Myriam mudou-se para Barbacena, onde atuou como médica e morou até 2013. No fim do ano passado, partiu para o interior de São Paulo.

Esta matéria tem: (10) comentários

Autor: Lázaro Gregorio
Se fosse o contrário, ou seja, se o homem tivesse mutilado a mulher pelo mesmo motivo, pegaria 20 anos em regime fechado. Rídiculo! 06 anos por um crime tão sério. Aliás, fica claro que ele realmente não deveria ter se casado com ela. | Denuncie |

Autor: Amaro Sobrinho
Prefiro me acabar na mão do que chegar perto dessa loira | Denuncie |

Autor: Claudeci Gomes Marinho
Deus que nos livrem. Se vira moda! Ta doido. | Denuncie |

Autor: marcelo mexicano
já pensou se ela surta durante uma cosnulta kkkkkkkkk | Denuncie |

Autor: José Júnior
Ele via que tava entrando numa fria e quis cair fora o quanto antes, só que aí já era tarde. Ele teve foi sorte. Já pensou se tivesse casado com essa figura? Curuis!!! | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
DEUS me livre ! ! ! ------ Ainda bem que já passei da idade ! ! ! | Denuncie |

Autor: filomena rocha
Os estupros e brutalidades que os homems FAZEM CONTRA AS MULHERES SEMPRE DA' EM NADA, MAS SE O PENIS FOR AGREDIDO A CASA CAI. MACHISMO NOJENTO! | Denuncie |

Autor: Antonio Silva
O mais absurdo, é que ela continua atuando como médica... | Denuncie |

Autor: Eli Roberto Chagas
So porque o cara não quis casar era so cobrar as despesas do casamento, via judicial e ai estava tudo certo. Não precisa chegar tanto. Se e mesmo que foi ela. | Denuncie |

Autor: Celo Santos
Coincidências a parte, mandaram a moça para a Penitenciária Estevão Pinto. O nome é bem adequado ao crime! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas