Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Fifa e Coca-Cola treinam catadores para atuar nos jogos da Copa Cerca de 840 catadores farão a coleta seletiva em todos os 64 jogos da Copa;

Agência Brasil

Publicação: 10/04/2014 15:45 Atualização:

Oitocentos e quarenta catadores de materiais recicláveis estão sendo treinados em todo o país, por meio de parceria firmada pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) com a empresa Coca-Cola Brasil, para atuar nos estádios das 12 cidades-sede da Copa do Mundo, que ocorrerá de 12 de junho a 13 de julho. A parceria prevê que a Coca-Cola será a responsável pela ação de gerenciamento de resíduos sólidos da Copa da Fifa Brasil 2014.

Nesta quinta-feira (10/4), 70 catadores da Rede Movimento, que tem 34 cooperativas associadas, participaram de treinamento no Rio de Janeiro. O diretor de Sustentabilidade da Coca-Cola Brasil para a Copa da Fifa, Victor Bicca, disse à Agência Brasil que os 840 catadores farão a coleta seletiva em todos os 64 jogos da Copa.

“Para isso, nós estamos fazendo um treinamento desses catadores, nas 12 cidades-sede. Hoje, nós estamos no Rio de Janeiro, fazendo o nono treinamento. Agora, faltam mais três cidades”. O objetivo, disse Victor Bicca, é assegurar que os catadores tenham todas as orientações para que possam se comportar e exercer de maneira correta a atividade de gestão de resíduos dentro dos estádios. Com isso, ele espera coletar todos os materiais e embalagens que vão ser gerados durante os jogos, para que possam ser destinados à reciclagem.

Leia mais notícias em Brasil

Após a coleta nos estádios, o material é transportado para as cooperativas parceiras, onde é feita a triagem, isto é, a separação dos materiais que, depois, são encaminhados para as empresas recicladoras. A operação pretende garantir o fluxo completo da reciclagem, que envolve a coleta, triagem e a parte recicladora, para ser base de um novo produto.

Com isso, assegurou Victor Bicca, “a gente está reforçando, que é um dos legados que a empresa quer deixar para depois da Copa, o incentivo da cultura da reciclagem no país e criando um novo patamar de gestão de resíduos dentro dos grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo”.

Os próximos treinamentos de catadores para atuar nos jogos da Copa estão marcados para São Paulo, na terça-feira,(15/4); Fortaleza, na quinta-feira (17/4); e Curitiba, na quarta-feira (23/4). Victor Bicca informou, ainda, que quando começar o período de exclusividade da Fifa, previsto para o dia 22 de maio, os catadores do Rio de Janeiro farão um treinamento in loco, no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã. O mesmo deverá ocorrer nas demais cidades. O diretor de Sustentabilidade acrescentou que, nessa fase, os catadores darão início à atividade de gestão não só nos jogos, mas desde o começo da gestão dos estádios pela Fifa.

O presidente da Associação dos Catadores do Aterro Metropolitano do Jardim Gramacho, Tião Santos, avaliou, em entrevista à Agência Brasil, que a Copa do Mundo “é um momento ímpar para a gente mostrar para a população não só a capacidade de se promover e executar o trabalho na área de resíduos nos estádios, mas aproveitar também para educar e sensibilizar a sociedade sobre a importância da reciclagem nos grandes eventos e na vida cotidiana das pessoas”.

Tião Santos ressaltou, também, que o evento serve para buscar a valorização e o reconhecimento dos catadores. Das 34 cooperativas que participam do esforço para a Copa, seis são de Gramacho, bairro do município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas