Brasil
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Justiça julga 2 últimos policiais acusados de matar juíza Patrícia Acioli Os outros nove policiais militares á foram condenados. A magistrada foi morta a tiros em agosto de 2011, em Niterói

Agência Brasil

Publicação: 14/04/2014 08:27 Atualização: 14/04/2014 08:34

O Tribunal do Júri de Niterói, no Grande Rio, julga nesta segunda-feira (14/4) mais dois policiais militares acusados do assassinato da juíza Patrícia Acioli em 2011. Handerson Lents e Sammy dos Santos são os últimos dos 11 policiais denunciados pelo Ministério Público a serem julgados pela morte da magistrada.

Os outros nove policiais militares, inclusive o ex-comandante do Batalhão de São Gonçalo Cláudio Luiz de Oliveira, já foram condenados. Como juíza da Vara Criminal de São Gonçalo, município vizinho a Niterói, Patrícia Acioli era conhecida por ser linha-dura no julgamento de desvios de conduta de policiais da região.

Leia mais notícias em Brasil

Ela foi morta a tiros em agosto de 2011, quando chegava em casa, em Niterói, depois de deixar o Fórum de São Gonçalo.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: armando nascimento
Respeita-se um líder religioso pela sua conduta, o que ele representa, e não apenas porque trata-se de uma autoridade. O filho deve respeitar a autoridade do pai, mas não temer a sua força física. A sociedade brasileira não tem respeito pela autoridade policila, tem medo. Por que será? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas