Brasil
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pai suspeito por morte de filho de 11 anos presta depoimento Após a Páscoa, devem ser ouvidas a madrasta da vítima, Graciele Boldrini e sua amiga Edelvania Wirganovicz

Diário de Pernambuco

Publicação: 17/04/2014 13:32 Atualização:

A polícia civil de Três Passos, no Rio Grande do Sul ouviu na noite dessa quarta-feira (16/4) o depoimento do médico Leandro Boldrine, pai e suspeito da morte do garoto Bernardo Boldrini, de 11 anos. Este foi o primeiro depoimento do pai sobre o crime. O conteúdo das declarações de Leandro ainda não foram revelados.

O local do depoimento foi mantido em sigilo pela polícia para evitar tumultos de moradores da região, que estão revoltados com o caso. Na última segunda-feira (14/4), por exemplo, cerca de 2 mil pessoas se reuniram em frente a casa do pai do menino em protesto contra a morte. Após a Páscoa, devem ser ouvidas a madrasta da vítima, Graciele Boldrini e sua amiga Edelvania Wirganovicz. Ambas acusadas de participação no crime.

Leia mais notícias em Brasil

O corpo do garoto foi velado na última terça-feira (15/4) no colégio em que estudava. Nesta quarta-feira, ele foi sepultado ao lado do túmulo da mãe, no cemitério de Santa Maria.

Entenda o caso


Bernardo Uglione, de 11 anos, estava desaparecido desde o dia 4 de abril e teve seu corpo encontrado na última segunda-feira (14). Suspeitos de praticar o crime, Leandro Boldrini, pai do garoto, e a madrasta Graciele Boldrini ficarão presos de forma preventiva por 30 dias. Uma amiga do casal, Edelvania Wirganovicz, também está presa, suspeita de participação.

Morador da cidade de Três Passos, noroeste do Estado, Bernardo foi encontrado morto, enterrado em um saco plástico, em um matagal na beira de um rio, no município de Frederico Westphalen, norte do Rio Grande do Sul. A suspeita policial é de que a madrasta e o pai doparam a criança com medicamentos e posteriormente, aplicaram uma injeção letal na vítima. A causa da morte ainda será confirmada por laudo médico.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Rosa Rodrigues
Lamentável a incompetência da Justiça brasileira que não ouviu o pedido de socorro dessa criança. Que a justiça seja feita AGORA e os seus algozes sejam punidos. Descanse em paz menino! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas