Brasil
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Força de Pacificação apreende menor que monitorava tropa na Maré, no Rio Nesse final de semana marcado por tiroteios e ataques aos militares, houve intensificação do patrulhamento ostensivo nas favelas que compõem o complexo

Agência Brasil

Publicação: 22/04/2014 11:42 Atualização:

Militares da Força de Pacificação apreenderam no início da noite dessa segunda-feira (21/4), na Vila do João, no Complexo da Maré, na zona norte do estado do Rio, um menor que estava monitorando o deslocamento das patrulhas que os militares realizam no interior do complexo de favelas e transmitindo as informações para os traficantes utilizando um rádio transmissor.

No início da noite, ao abordar um grupo de pessoas que estavam concentradas em uma das ruas da Vila do João, outra patrulha de rotina prendeu um homem contra o qual havia pendente um mandado de prisão expedido pela Justiça.

Ambos foram encaminhados para a 21ª Delegacia de Polícia, em Bonsucesso, e o menor deverá ser encaminhado para um dos institutos de ressocialização mantidos pelo governo do estado.

Nesse final de semana marcado por tiroteios e ataques aos militares que integram a Força de Pacificação que atua na Maré desde o final do mês passado, houve intensificação do patrulhamento ostensivo nas favelas que compõem o complexo.

Leia mais notícias em Brasil

Pelo menos quatro confrontos foram registrados envolvendo traficantes e soldados do Exército que atuam na região. Segundo o último boletim divulgado pela Força de Pacificação que atua na Maré, o emprego maciço da tropa para coibir a violência na região provocou a reação dos criminosos. Em 3 oportunidades, por volta das 19h30, 5h20 e 5h30 do domingo (20/4) traficantes realizaram disparos contra as nossas tropas. No entanto, não houve registro de feridos e ninguém foi preso.

Na mesma comunidade, por volta das 5h, também do domingo, um criminoso pilotando uma motocicleta, efetuou disparos de pistola contra as tropas da Força de Pacificação. Neste evento os militares não responderam à agressão, pois o agente empregou crianças como escudo para se proteger.

Em outro ponto da zona norte do Rio, já no início da manhã de hoje, traficantes que, segundo a polícia, seriam da favela Águia de Ouro, em Inhaúma, efetuaram disparos de cima do viaduto da Linha Amarela. Um homem foi morto e outros dois ficaram feridos. Os criminosos estavam sobre o viaduto que cruza a Linha Amarela na altura da Rua Beira Rio, próximo ao Shopping Nova América. Socorridos por policiais 3º Batalhão da Polícia Militar, os feridos foram levados o Hospital Salgado Filho.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: marcelo mexicano
Somente nero daria jeito no rio, eta povinho danado. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas