Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Trabalhadores da Fundação Casa voltam ao trabalho, mas mantêm greve Os trabalhadores reivindicam piso salarial, reposição de perdas e, principalmente, aumento da segurança nos locais de trabalho

Agência Brasil

Publicação: 23/04/2014 19:02 Atualização:

Com a suspensão do julgamento agendado para etsa quarta-feira (23/4), no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2), os funcionários da Fundação Casa decidiram, em assembleia, retornar ao trabalho para tentar retomar as negociações com a fundação. Decidiram, no entanto, permanecer em estado de greve enquanto as tratativas se arrastam.

O julgamento, que iria decidir pela abusividade, ou não, da greve dos funcionários da Fundação Casa, foi suspenso, e nova audiência marcada para as 9h de amanhã (24).

Leia mais notícias em Brasil

A decisão dos julgadores foi no sentido de os trabalhadores e representantes da Fundação Casa insistirem na negociação, com a intermediação do Núcleo de Conflitos Coletivos do TRT-2, cujo objetivo é a busca da solução negociada. “O núcleo garante uma solução eleita pelas partes, mais valiosa, mais próxima à Justiça do que uma sentença judicial imposta às partes”, disse o desembargador Rafael Pugliese.

Os trabalhadores, em greve desde 10 de abril, reivindicam piso salarial, reajuste real de 53,63%, reposição de perdas, isonomia do Plano de Cargos e Salários e, principalmente, aumento da segurança nos locais de trabalho. Caso não cheguem a um acordo hoje, o julgamento será retomado nesta quinta-feira.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas