Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Garoto baleado no Morro dos Macacos é transferido de hospital no Rio O menino de oito anos passou por uma cirurgia que durou mais de quatro horas

Agência Brasil

Publicação: 06/05/2014 18:49 Atualização:

O menino Vitor Gomes Bento, de 8 anos, baleado na cabeça na tarde dessa segunda-feira (5/5) no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte da capital fluminense, foi transferido na tarde desta terça-feira (6/5) para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) Pediátrico do Hospital Federal dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro, zona portuária da cidade.

Baleado durante confronto entre policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e traficantes, o garoto passou por uma cirurgia que durou mais de quatro horas na noite dessa segunda-feira, no Hospital Federal do Andaraí (HFA), zona norte da cidade.

De acordo com o escritório do Ministério da Saúde no Rio, a transferência ocorreu para que Vitor tenha um atendimento especializado em neurologia pediátrica. O estado de saúde da criança ainda é considerado grave, mas estável, sem previsão de alta.

Leia mais notícias em Brasil

O tiroteio ocorreu em dois pontos diferentes da comunidade, durante patrulhamento de rotina dos militares da UPP na localidade da Favelinha, por volta das 15h30. Em seguida, os criminosos atiraram nos policiais, que revidaram. Na fuga, houve novo confronto na localidade da Rachadura, uma das saídas do morro. Na ação, não houve presos. Momentos depois, os policiais da UPP foram informados que uma criança tinha sido baleada no morro e levada por moradores para o Hospital do Andaraí.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas