Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Justiça determina fim da ocupação Copa do Povo, na zona leste de São Paulo Ocupantes serão intimados a deixar o imóvel em 48 horas. Caso isso não ocorra, o juiz autorizou uma ação de reintegração de posse

Agência Brasil

Publicação: 07/05/2014 20:13 Atualização:

O juiz Celso Maziteli Neto, da 3ª Vara Cível de Itaquera, em São Paulo, concedeu nesta quarta-feira (7/5) uma liminar determinando o fim da ocupação intitulada Copa do Povo. O acampamento montado por militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) reúne cerca de 1,5 mil famílias em Itaquera, zona leste paulistana. Os barracos estão a 4 quilômetros da Arena Corinthians, que sediará a abertura da Copa do Mundo.

Leia mais notícias em Brasil

Pela decisão judicial, os ocupantes serão intimados a deixar o imóvel em 48 horas. Caso isso não ocorra, o juiz autorizou uma ação de reintegração de posse. Ofício requisitando força policial já foi expedido à Polícia Militar. “Deverão ser retiradas da área todos os ocupantes que lá forem encontrados”, enfatizou o magistrado. Maziteli Neto determinou ainda a notificação da Defesa Civil, da Subprefeitura de Itaquera e do Conselho Tutelar da região - “ante ao fato de que possivelmente há crianças dentre os ocupantes”.

O MTST ocupou a área de 150 mil metros quadrados para protestar contra a falta de moradias para a população mais pobre, em contraste com os bilhões gastos para viabilização do Mundial. A ocupação é a segunda maior do movimento, ficando atrás apenas da chamada Nova Palestina, na zona sul da capital, que conta com mais de 2,5 mil famílias.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas