Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rio registra 325 ônibus depredados durante greve dos rodoviários A concessionária CCR Barcas registrou aumento de 300% na demanda de passageiros na comparação com a média das quintas-feiras de maio do ano passado

Agência Brasil

Publicação: 08/05/2014 12:24 Atualização: 08/05/2014 12:35

O Sindicato das Empresas de Ônibus do município do Rio (Rio Ônibus) informa que até o momento 325 ônibus foram depredados, desde o início da paralisação dos rodoviários do município, na madrugada de quinta-feira (8/5). Cinco pessoas foram detidas. As principais avarias são quebra de para-brisas, janelas e retrovisores. A área mais afetada é a zona oeste, incluindo as regiões da Barra da Tijuca e Jacarepaguá.

Com a greve dos rodoviários, movimentação de passageiros na Central do Brasil é intensa (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Com a greve dos rodoviários, movimentação de passageiros na Central do Brasil é intensa

Devido à greve, a concessionária CCR Barcas registrou aumento de 300% na demanda de passageiros da linha que atende o bairro do Cocotá, na Ilha do Governador, na comparação com a média das quintas-feiras de maio do ano passado. Até às 10h de hoje, foram transportados, aproximadamente, 3,6 mil passageiros no trajeto Cocotá-Praça XV. Durante o rush da manhã, a concessionária reforçou o efetivo e foram necessárias três viagens extras às 6h40, 7h30 e 9h05 para atender à grande demanda pelo transporte aquaviário na Ilha do Governador.

Leia mais notícias em Brasil

Mesmo com o reforço na operação do Cocotá, a programação seguiu normalmente nas outras linhas pela manhã. O trajeto Charitas-Praça XV também registrou aumento na demanda. Até às 10h, aproximadamente 4,3 mil usuários fizeram a travessia, número 10% maior que a média das quintas-feiras de maio do ano passado. Na ligação Praça Arariboia-Praça XV, a CCR Barcas transportou, até às 10h, 27,7 mil passageiros, mantendo a média de usuários.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o Comando do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) informou que houve uma manifestação de rodoviários do Rio, no início da manhã, na altura da Vila do João, em Manguinhos, onde cerca de 100 pessoas tentaram fechar a pista da Avenida Brasil, no sentido centro. Policiais militares estão no local, negociando com os grevistas para manter as pistas liberadas.

A PM acionou um plano de operação especial para a greve dos rodoviários. Viaturas estão próximas às empresas de ônibus, monitorando o trânsito. Policiais estão posicionados ao longo das passarelas da Avenida Brasil, monitorando o trânsito e também há patrulhas em pontos estratégicos para evitar que as pistas sejam fechadas por piquetes de grevistas.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas