Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rio distribuirá cartilha a turistas na Copa com orientações de segurança Cartilha será publicada em português, inglês, espanhol, alemão, francês, japonês e russo. Ela será distribuída em aeroportos, rodoviária, hotéis e pontos turísticos

Agência Brasil

Publicação: 12/05/2014 16:01 Atualização:

A Secretaria de Estado de Turismo do Rio vai distribuir uma cartilha para turistas durante a Copa do Mundo. Haverá orientações sobre segurança, defesa do consumidor, informação turística, prevenção e combate ao turismo sexual. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (12/5) pelo secretário Claudio Magnativa, em reunião com cônsules dos países que disputarão a Copa do Mundo. No encontro, foi apresentado o esquema de segurança, parceria do Batalhão em Áreas Turísticas e a Delegacia de Apoio ao Turista.

O secretário informou que a reunião foi importante para tranquilizar os consulados em relação à segurança do Rio na época dos jogos. Para Magnativa, as orientações de alguns países aos seus cidadãos para evitar favelas pacificadas, bem como opiniões a respeito dos órgãos de segurança são fruto de desinformação e preconceito.

“Fizemos um apelo ao corpo consular. Esse tipo de desinformação ou de cuidado excessivo cria um tipo de medo. Não podemos generalizar”, disse. Ele argumentou que a África do Sul foi alvo de preconceito quando sediou a Copa do Mundo há quatro anos mas, após o evento, o turismo cresceu 40% no país. “É o que queremos, dar ferramentas de informação para que o turista, ao regressar a seu país, seja o grande defensor do nosso turismo”, informou.

Leia mais notícias em Brasil

Em sites oficiais de alguns países, como no dos Estados Unidos, fala-se de roubos nas ruas e é desaconselhada a visita a favelas com unidades de Polícia Pacificadora. O secretário criticou a orientação, que, segundo ele, impacta negativamente o turismo em favelas, que leva renda e inclusão social para os moradores.

“O que estamos fazendo é mostrar ao corpo consular que é possível fazer turismo de comunidade sem problemas, desde que as visitas sejam guiadas”, aconselhou Magnativa. “Não podemos ficar omissos perante uma desinformação cristalizada com uma chancela oficial, que prejudica a imagem do Rio de Janeiro”, disse ele.

O secretário informou que a cartilha será publicada em português, inglês, espanhol, alemão, francês, japonês e russo. Além da cartilha que será distribuída em aeroportos, rodoviária, hotéis e pontos turísticos, haverá uma central de apoio com 20 funcionários, funcionando 24 horas, na sede da secretaria. O turista poderá ligar a fim de tirar dúvidas, e pedir ajuda em casos de extravio de documento, perda de bagagem, overbooking em hotel.

Cerca de 400 policiais militares bilíngues atenderão aos estrangeiros nas ruas do Rio durante o Campeonato Mundial. O delegado Alexandre Braga informou que, além da delegacia especializada no atendimento aos turistas, serão criados núcleos nos aeroportos, no entorno e interior do Estádio Mário Filho, Maracanã. Pelo menos 160 agentes da Polícia Civil bilíngues permanecerão em esquema de plantão nas delegacias voltadas para os turistas.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas