Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Hemorio faz campanha para conscientizar mulheres sobre doação de sangue Uma das principais razões para a defasagem do público feminino na doação de sangue é a falta de tempo

Agência Brasil

Publicação: 22/05/2014 08:36 Atualização:

Mulheres tendem a acumular mais funções e, por isso, quase sempre não têm tempo para doar sangue (	Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
Mulheres tendem a acumular mais funções e, por isso, quase sempre não têm tempo para doar sangue
Para aumentar o número de doadoras de sangue, o Instituto Estadual de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcanti (Hemorio) promove até esta sexta-feira (23/5) a ação Mulher + Solidária, conscientizando o público feminino sobre a importância da doação de sangue. Segundo o Hemorio, atualmente o número de mulheres doadoras de sangue no estado corresponde a 35% do total de pessoas que passam pela unidade de saúde, que chega a receber cerca de 300 candidatos a doação diariamente.

Durante os três dias da campanha, que existe há 11 anos, o Hemorio espera receber entre 50 e 80 mulheres por dia. De acordo com a chefe do Atendimento ao Doador do Hemorio, Naura Farias, uma das principais razões para a defasagem do público feminino na doação de sangue é a falta de tempo, já que as mulheres tendem a acumular mais funções.

Leia mais notícias em Brasil

“Por conta das várias atividades acumuladas, principalmente para as mulheres que trabalham fora, cuidam dos filhos e têm responsabilidade com a casa, observamos que há uma dificuldade para trazê-las ao Hemorio. Quando vamos até as instituições, escolas, empresas e universidades, o percentual de mulheres doadoras de sangue é muito maior, chegando a 50%. Então, vemos que talvez a dificuldade esteja no deslocamento delas até um local de coleta”, disse Naura.

Além de incentivar o público feminino, a ação procura esclarecer as principais dúvidas sobre os requisitos para a doação. Segundo Naura Farias, alguns mitos ajudam a afastar as mulheres dos postos de coleta de sangue. “A campanha desmistifica a doação de sangue feminina, já que muitas ainda acham que não podem doar por conta do ciclo menstrual, por exemplo. Durante a ação, temos pessoas que esclarecem dúvidas e desmentem esses mitos. Somente grávidas ou mulheres que estejam amamentando durante o primeiro ano de vida do bebê não podem doar”, esclareceu.

Para doar sangue, os candidatos devem ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e obedecer ao intervalo entre as doações: de três meses para as mulheres e dois meses para os homens. O Hemorio funciona todos os dias, incluindo fins de semana e feriados, das 7h às 18h.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas