Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

PF prende 40 pessoas envolvidas no tráfico de drogas no Rio e em SP Durante a operação, foi desarticulada uma rede que enviava a droga de São Paulo para o Rio

Agência Brasil

Publicação: 22/05/2014 15:05 Atualização: 22/05/2014 15:07

A Polícia Federal cumpriu hoje (22/5) 40 mandados de prisão contra facções criminosas envolvidas no tráfico de drogas nos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo. Foram expedidos 50 mandados nas cidades de Volta Redonda, Itatiaia e Angra dos Reis, no sul fluminense e na capital paulista, além da cidade de Lorena, no interior de São Paulo. A operação contou com apoio do Ministério Público Estadual do RJ.

As investigações, iniciadas em 2013, comprovaram que a organização de São Paulo vendia drogas para quadrilhas no Rio. Também foi constatado que, de dentro dos presídios fluminenses, traficantes continuavam coordenando a logística do tráfico e a atuação das facções. O MP solicitou que esses presos fossem transferidos para presídios fora do estado, no Regime Disciplinar Diferenciado.

Durante a operação, foi desarticulada uma rede que enviava a droga de São Paulo para o Rio ou do interior do estado fluminense para a capital, invertendo a lógica do tráfico, que nos últimos anos produzia a droga na capital e mandava para o interior. Um laboratório de refino de drogas em Itatiaia foi desmontado.

Leia mais notícias em Brasil


Para o promotor responsável pela operação, Fabiano Gonçalves Cossermelli, as práticas indicam uma tentativa dos criminosos de fugir das unidades de Polícia de Pacificadora (UPP), na cidade do Rio. Ele explica que o desenvolvimento no sul fluminense, que tem grandes montadoras de veículos, aumenta a renda da população e amplia o mercado para as drogas. "É um negócio", disse o promotor. "Tanto que a facção de SP vendia para as duas facções do RJ, que são rivais", destacou, durante entrevista à imprensa.

Gonçalves também informou que as disputas entre o tráfico de drogas em Resende, no interior do Rio, um dos locais investigados, é uma das principais causas de morte na localidade. "Seja de devedor do tráfico ou de desafeto." A Polícia Federal ainda está à procura dos chefes das três facções criminosas. O balanço completo da operação será divulgado no fim do dia.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas