Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Investigadores suspeitam que inveja causou a morte de cirurgião no Recife A polícia acredita que o renomado profissional e o filho teriam tramado a morte de Artur

Publicação: 05/06/2014 08:21 Atualização:

Uma diligência da Polícia Civil realizada no consultório do médico Cláudio Amaro Gomes, 57 anos, encontrou ontem R$ 21 mil em uma gaveta trancada. Familiares do médico afirmaram à polícia que não tinham conhecimento do dinheiro, mas acreditam que o valor seria usado para o pagamento de funcionários.

Leia mais notícias em Brasil

Apesar de não ter divulgado a motivação do assassinato do cirurgião torácico Artur Eugênio de Azevedo Pereira, 36, a polícia acredita que o renomado profissional e o filho teriam tramado a morte de Artur por inveja e revolta, porque Cláudio estaria perdendo clientes. Na noite de 12 de maio, Artur Eugênio foi arrastado por dois homens na entrada do prédio onde morava, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife. O corpo dele foi encontrado com marcas de tiros na manhã seguinte, às margens da BR-101.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

:: Publicidade



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas