Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Polícia Federal prende em sete estados 22 suspeitos de desmatamento ilegal Madeira irregular era usada para produção de carvão destinado ao abastecimento de fornos de indústrias siderúrgicas de Minas Gerais

Agência Brasil

Publicação: 05/06/2014 16:01 Atualização:

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta quinta-feira (5/6) 22 pessoas suspeitas de desmatamento ilegal de mata nativa. De acordo com a PF, os investigados fraudavam documentos, como guias de autorizações estaduais para exploração de madeira.

Batizada de Metástase, a operação foi deflagrada hoje, Dia Mundial do Meio Ambiente, em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Ministério Publico Federal. A PF cumpre 48 mandados de prisão e 46 de busca e apreensão nos estados de Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco e da Bahia. Cerca de 400 policiais participam da ação.

Leia mais notícias em Brasil

A madeira irregular era usada para produção de carvão destinado ao abastecimento de fornos de indústrias siderúrgicas de Minas Gerais. Segundo a PF, os madeireiros ilegais agiam principalmente em áreas do Cerrado.

O nome da operação faz referência à forma como a organização atuava na exploração ilegal da madeira, como um câncer que se espalhou pelo Cerrado. O bioma é um dos mais ameaçados do país e considerado a savana mais rica do mundo. Com cerca de 204 milhões de hectares, já perdeu mais de 60% da sua vegetação original.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

PUBLICIDADE

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas