Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Unicef capacita adolescentes do Semiárido nordestino sobre sustentabilidade O representante do Unicef no Brasil, Gary Stahl, explica que as parcerias são importantes para garantir as ações do órgão

Agência Brasil

Publicação: 05/06/2014 21:40 Atualização: 05/06/2014 21:42

Para reduzir a vulnerabilidade social dos cerca de 12,5 milhões de crianças e adolescentes que vivem no Semiárido nordestino, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) promove ações de empoderamento e combate à desigualdade na região.

Convênio assinado nesta quinta-feira (5/6) com as distribuidoras de energia da Bahia, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte, que fazem parte do Grupo Neoenergia, vai investir R$ 1,4 milhão para conscientizar os adolescentes sobre sustentabilidade, segurança e eficiência energética e prevenção de acidentes.

Parte do programa Selo Unicef Município Aprovado, 459 dos 585 municípios dos três estados vão receber as ações previstas na metodologia do fundo, que incluem mobilização social, treinamento de multiplicadores locais do conhecimento, monitoramento dos indicadores sociais, avaliação e certificação dos municípios com melhores desempenhos.

Leia mais notícias em Brasil

O representante do Unicef no Brasil, Gary Stahl, explica que as parcerias são importantes para garantir as ações do órgão. De acordo com ele, trabalhar com os jovens traz impactos importantes para as famílias e comunidades. “A parceria vai nos ajudar a produzir melhores resultados para os municípios pobres, enquanto políticas públicas, mas isso traz resultados reais na vida das crianças e adolescentes pobres nesses municípios”, disse ele.

O programa Selo Unicef Município Aprovado começou em 1999, na região do Semiárido e na Amazônia Legal. De acordo com Stahl, as estatísticas sociais no Nordeste têm melhorado de forma mais rápida do que na média do Brasil, graças ao trabalho conjunto de muitos parceiros; inclusive dos governos.

“Nós trabalhamos com a capacidade que tem cada um dos municípios pobres, de gerenciar a sua própria vida, de olhar a cada quatro anos, com uma linha de base, e saber que nesse município temos problema sério de distorção entre idade e série no ensino médio, e o que vamos fazer. Ajudamos a identificar onde estão os problemas mais graves e ajudamos com capacitação direta dos atores dos municípios para corrigir esses problemas”, disse o representante do Unicef.

Cerca de 80% dos municípios da região aderiram ao programa e entre 22% e 25% recebem o selo a cada quatro anos, de acordo com a melhoria dos indicadores de saúde, educação, abastecimento e qualidade da água, saneamento e segurança.

A presidenta do Grupo Neoenergia, Solange Ribeiro, explica que a soma de esforços com o Unicef ocorre para garantir os direitos das crianças e adolescentes da região, aprofundando as ações dentro do Programa de Eficiência Energética das Empresas de Distribuição, estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para combater o desperdício.

“A gente sempre tentou fazer com que as ações de eficiência energética fossem para a linha do social, como a troca da geladeira, que a gente fez com a ideia de fazer com que a conta de energia caiba no bolso da pessoa. Este projeto foca basicamente em adolescentes, para conscientizá-los sobre sustentabilidade e uso eficiente de energia, além da segurança na rede elétrica”, acrescentou Solange.

Participam das atividades 30 adolescentes de cada município, que levarão o conhecimento adquirido para os núcleos comunitários.

Além das ações nos municípios do interior, as capitais dos três estados vão receber a mostra Ilumanidade. Luz para a Vida. Luz para Toda Vida, que retrata situações de desigualdade vivenciadas por crianças, levando ao espectador sensações como a de carregar baldes de água e o peso de uma criança subnutrida.

A exposição fica no Natal Shopping, de 17 a 29 de junho; no Salvador Shopping, de 16 a 30 de julho; e no Shopping Rio Mar, em Recife, de 2 a 15 de agosto.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas