Brasil
  • (6) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Ex-atacante Fernandão morre em acidente de helicóptero em Goiás Quatro amigos do jogador, que também estavam no helicóptero, morreram

Guilherme Pera

Mariana Vieira

Amanda Almeida

Publicação: 07/06/2014 08:14 Atualização: 07/06/2014 14:49


Fernandão morreu aos 36 anos: atleta era ídolo do Internacional e do Goiás

O ex-atacante Fernandão, 36 anos, ídolo do Internacional, morreu por volta das 2h deste sábado (7/6), aos 36 anos. Ele voltava de casa, em Aruanã, cidade no interior de Goiás, para Goiania, capital do estado, quando o helicóptero em que estava caiu. Quatro amigos do ex-jogador também estavam a bordo e faleceram.

O corpo dos Bombeiros do Goiás, por meio de sua assessoria de imprensa, confirmou que o ex-jogador Fernandão foi encontrado ainda com vida, mas, devido a mútiplos ferimentos, veio a óbito a caminho do hospital. Ele era o quinto passageiro do helicóptero pilotado pelo Coronel da reserva da PM Milton Ananias, frequentemente acionado por várias autoridades da região para pilotar helicópteros. Ele e os outros tripulantes foram encontrados mortos.

A causa do acidente ainda é desconhecida; há indícios de que a aeronave caiu 15 minutos após levantar voo. As informações preliminares da Polícia Civil de Goiás colocam que o helicóptero saiu do acampamento Fubreca, a 20 km da cidade de Aruanã, e teria caído 250 metro depois.

Foto postada por amigo de Fernandão nessa sexta-feira, antes do acidente de helicóptero (Instagram/Reprodução)
Foto postada por amigo de Fernandão nessa sexta-feira, antes do acidente de helicóptero


Além de Fernandão e Milton, morreram o vereador por Palmeiras de Goiás, Edmilson de Souza Leme; Antônio de Pádua, o Bidó, primo do governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB); e Lindomar Mendes Vieira, caseiro da propriedade de Fernandão.

Natural de Goiânia, Fernando Lúcio da Costa, que ganhou destaque no Goiás, viveu a melhor parte da carreira no Colorado. Chegou em 2004 e foi o capitão do ano mais glorioso do time gaúcho, em 2006, quando o Inter venceu a Libertadores e o Mundial de Clubes da Fifa. Ele também levantou dois títulos gaúchos.

Leia mais notícias em Brasil


A estudante Mayara Rosa, de 22 anos, entrou em contato com o Correio Braziliense pelas redes sociais. A jovem, que mora em Brasília, mas é natural de Palmeiras de Goiás, local onde Fernandão possuia uma fazenda, informou ser amiga de um dos integrantes do helicóptero, o produtor rural Antônio de Pádua, conhecido como Bidó.



"Minha família é muito próxima do Bidó, uma pessoa incrível, que cantava com tanta alegria. Ele, infelizmente, estava neste helicóptero, juntamente com Edimilson. É inacreditável os vídeos, fotos que ele postou nessa sexta."

A jovem que estuda medicina veterinária na Universidade de Brasília (UnB), disse que tinha contato com Fernandão. "Eu o conhecia, ele tinha fazenda em Palmeiras. Era uma pessoa tão alegre... É um momento de muita tristeza."

De acordo com informações divulgadas na imprensa, o Corpo de Bombeiros de Aruanã confirmou que a aeronave caiu cerca de 300 metros depois de decolar, em uma praia de água doce. O resgate do ex-atleta e dos demais passageiros ocorreu duas horas depois do acidente. Segundo as autoridades, as análises preliminares indicam que foi uma perda de sustentabilidade que ocasionou a queda.

Pesar

Em nota, o Internacional disse lamentar a morte de "um dos jogadores mais importantes dos 105 anos do clube" (leia a nota completa abaixo). Também por meio da assessoria de imprensa, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), manifestou pesar pela tragédia.

"As perdas são irreparáveis e não há palavras para expressar a dimensão da tragédia, que vitimou tantas pessoas queridas de nossos círculos familiares e de amizade e também da população de Goiás. Temos a plena certeza de que Deus guiará a todos na plena paz espiritual, reforçada pelas nossas orações", disse o comunicado do governo.

O prefeito de Porto Alegre/RS, José Fortunati, decretou luto oficial de três dias pela morte do Fernandão. Pelo Twitter, a presidente Dilma Rousseff também lamentou a morte do ex-jogador. “Campeão mundial de clubes dentro de campo, Fernandão era fora de campo exemplo de caráter”, “Lamento muito a morte de #Fernandão, ídolo do Internacional e de todos os amantes do futebol”, “Fernandão deixará saudades”, publicou a presidente.

O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, também lamentou a morte do atleta. "Centroavante com faro de artilheiro e espírito de liderança, Fernandão é um dos maiores ídolos da história do Internacional de Porto Alegre. Foi o capitão do time gaúcho na conquista da Taça Libertadores e do Mundial de Clubes em 2006. Revelado pelo Goiás, onde começou a chamar a atenção por seu talento, defendeu ainda São Paulo, Olympique de Marselha, Toulouse e Al-Gharafa, além de uma passagem pela Seleção Brasileira. Também atuou como técnico e dirigente do Internacional", diz a nota.

 

Confira a nota do Internacional:
O Sport Club Internacional e a nação colorada estão de luto. Fernando Lúcio da Costa, o Fernandão, perdeu a vida em um acidente de helicóptero ocorrido na madrugada deste sábado (7/6) em Aruanã-GO. O momento é de profundo pesar pela partida prematura do ídolo de 36 anos, mas o que fica são lembranças gloriosas de um atacante que honrou a camisa do Internacional com seu espírito de liderança, sendo um dos jogadores mais importantes dos 105 anos do Clube. Fernandão atuou em 190 partidas e marcou 77 gols – o primeiro deles, logo na sua estreia, em 2004, foi o de número 1000 da história do Gre-Nal. Nascido em Goiânia, mas plenamente identificado com Porto Alegre, foi o capitão do time nas inesquecíveis conquistas da Libertadores da América e do Mundial FIFA, ambas em 2006, e também desempenhou no Colorado as funções de diretor técnico, em 2011, e de treinador, em 2012. Os títulos do Gauchão (2005 e 2008) e da Recopa (2007) também fazem parte da sua trajetória.
O Clube do Povo se solidariza com a família e com todos os fãs de Fernandão. Força!

Colaborou Almiro Marcos e Luiz Prisco

Esta matéria tem: (6) comentários

Autor: jorge bezerra
força a família ,descanse em paz guri ! | Denuncie |

Autor: Michele Souza Farias
Lamentamos a morte dos amigos Fernandão, Edmílson,Bidó deixarão muita saudades. ( chiquinho "Araújo" Michele ) | Denuncie |

Autor: Michele Souza Farias
Conhecemos o FernandÃo, o Antonio de Pádua (Bidó), o Edimilson, o querido "tiziu" ,foram seres humanos impares, deixaram a sua historia e grande legado nesse efêmero tempo que passaram sobre o planeta ...pessoas humildes e, sempre ajudando o próximo ...perdas lamentáveis.Chiquim Araujo e Michele | Denuncie |

Autor: Maurício Exenberger Exenberger
Hoje a tristeza não tem fim! | Denuncie |

Autor: otavio jesus
Nossos sinceros pêsames. Mais um grande craque brasileiro que se vai em função de acidente, desta vez aéreo. Que DEUS conforte seus familiares, amigos e admiradores... | Denuncie |

Autor: Antônio Alencar
Uma lamentável perda para o povo brasileiro! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas